quinta-feira, 21 de março de 2019

Sarau da Capital na Terça (26), aniversário de Porto Alegre

Sarau da Capital da Democracia e da Participação Popular - Aniversário de 247 anos de Porto Alegre

Bate-papo, Música e Roda de Poesias sobre Porto Alegre é o que vai rolar no Sarau da Capital promovido pelo mandato da deputada estadual Sofia Cavedon/PT.

*Leve uma poesia, um conto, um causo sobre Porto Alegre!

É no dia mesmo do aniversário de Porto - 26/Março - Terça-feira.
Às 19h no  Bistrô do Solar - Praça da Matriz, 148 - Centro Histórico PoA

Com:
Olívio Dutra, contando Causos 
Sofia Cavedon, apresentando o PL 129/19 que dá o título de Capital da Democracia e da Participação Popular para a cidade
Nati Gaspa - Slammer

E Música com: Demétrio Xavier - Bárbara Moisinho  - Raul Ellwanger

Apresentação: Cláudia Prates

Promoção: Deputada Estadual Sofia Cavedon/PTPoA-RS

Porto Alegre deverá receber o título de Capital da Democracia

Foto Marta Resing
No mês que completa 247 anos (março) a deputada Sofia Cavedon (PT) protocolou projeto de lei dando o título de Capital da Democracia e da Participação Popular para a cidade de Porto Alegre. 

O PL 129/2019 que tramita na Assembleia Legislativa do RS destaca a longa e virtuosa tradição de desenvolvimento de políticas participativas que fortalecem e aprofundam a democracia. "Porto Alegre acumulou, ao longo das últimas décadas, ricas e variadas experiências de gestão pública e de iniciativas da própria cidadania que a tornaram uma referência, para o Brasil e para o mundo, de participação da população nos rumos da cidade", justifica a Deputada.

Foto Vanessa Vargas/PTSul
Para Sofia a maior expressão desta inovação e aprofundamento democrático foi a criação do Orçamento Participativo (OP), inaugurado em 1989 e que completará 30 anos em 2019. "O maior ineditismo do OP foi permitir uma representação direta da cidadania na definição do orçamento da cidade, na escolha de prioridades, nas obras e investimentos nas diferentes regiões da cidade. O OP elevou a cidadania de uma forma marcante, mais do que isso, foi pela democracia participativa que os serviços públicos foram melhorados e a qualidade de vida da população elevada de tal forma que a cidade foi indicada por vários anos seguidos com o título de capital de melhor IDH do país", lembra a parlamentar.

Sofia destaca ainda a criação dos Conselhos Municipais e dos Congressos da Cidade "foram outros importantes instrumentos, que tendo o OP como principal ferramenta, tornaram Porto Alegre uma referência nacional e internacional em democracia participativa". Ela salienta que foi através dessa vanguarda e pioneirismo que a cidade sediou a realização das primeiras edições do Fórum Social Mundial.

Foto Arquivo
Com as experiências de democracia participativa, afirma a Deputada, ampliou-se a transparência na gestão e nos gastos dos governo, tornando-se um dos mais eficientes mecanismos de combate à corrupção e no bom andamento da administração pública, contornando uma burocratização que muitas vezes se cala frente às necessidades reais da população.

Conforme Sofia, a experiência de Democracia Participativa combinada com a Democracia Representativa, se inserem na tradição da luta da humanidade por democracia, direitos humanos e igualdade social, que credenciam Porto Alegre a receber o reconhecimento da Assembleia Legislativa concedendo à cidade o título de Capital da Democracia e da Participação Popular”.

quarta-feira, 20 de março de 2019

#PortoAlegreResiste - Por *Sofia Cavedon

Foto Marta Resing
Mais uma vez o cenário de início de ano tem como pano de fundo para nossa capital, uma guerra do prefeito com o funcionalismo. Parece que não haverá condições mínimas de trabalho mais uma vez, pelo terceiro ano consecutivo para professoras, engenheiros, administradoras, contadores, dentistas, enfermeiras, técnicos de todas as áreas, operários especializados, cozinheiras - todos aqueles homens e mulheres que servem a cidadania e dão conta das necessidades e condições para uma vida digna na cidade.

Foto Vanessa Vargas/PTSul
No seu projeto privatizador, o prefeito precisa destruir o funcionalismo. Não importa se submete a população à falta de água, se as crianças são obrigadas a estudar todo o verão para recuperar aulas, se os que salvam vidas no HPS estejam sem alimentação e sem espaço adequado, se deixa obras com recursos federais inacabadas depredando e fecha turmas de berçário para atender a faixa obrigatória dos 4 e 5 anos, um crime! O que importa é derrotar uma categoria que bravamente defende as políticas públicas e sua viabilidade através da qualificação permanente, da gestão compartilhada, de concursos e carreira que garantam a continuidade e qualidade do trabalho.

Determinado a entregar à iniciativa privada serviços e patrimônio da população, o prefeito perde investimentos e desestrutura serviços: retirou autonomia e não permite nomeações para o DMAE; deixou de nomear professoras e professores e de autorizar concurso, optando pelos contratos temporários até dois anos - algo nunca praticado na educação municipal, motivo também para retirar professores de Educação Física de parques e praças, espaços que visa “desestatizar”; retirou recursos da manutenção do Mercado Público desviando para o caixa único e o deixa degradado, sujo e inseguro; extinguiu o DEP desarticulando suas funções e perdeu milhões do Programa DrenaPorto Alegre. Argumenta com a crise econômica, mas fecha o ano com superávit!

Então, a luta que trava a categoria municipária de Porto Alegre é de todos nós. Seu sofrimento pelo assédio permanente, insegurança pelo futuro, necessidade de luta cotidiana para realizar o serviço público, é o mesmo de uma cidade penalizada com a perda de qualidade de vida. Resistamos com ela!

PoA, Março/2019

*Deputada Estadual/PT

Falta d'água em Porto Alegre tem responsável, afirma Sofia

Foto Maria Bittencourt
Debatendo “A Crise do Abastecimento de Água em Porto Alegre” a deputada estadual Sofia Cavedon (PT) participou na noite desta terça-feira (19) da reunião realizada pela Frente Parlamentar em Defesa do DMAE da Câmara Municipal da Capital.

Falta d'água em Porto Alegre tem responsável e é hora de cobrar respeito e atuação, afirmou Sofia.

#CompromissoComPortoAlegre -  Assista a sua manifestação:

*Prefeito quer sucatear Departamento para privatizá-lo

O DMAE, que já manteve uma estrutura com 2.013 servidores (Portal da Transparência, dez/2010), hoje conta com 1.509 (Portal da Transparência, dez/2018). A demanda da cidade aumentou ao longo desses oito anos e foram deixados vagos cerca de 500 postos de trabalho. Somente a gestão Marchezan contribuiu para uma redução de 203 postos. Há necessidade urgente de nomeação de operários, engenheiros, técnicos para o tratamento, operadores de máquinas, dentre outros.

Os investimentos foram drasticamente reduzidos. De acordo com o relatório gerencial financeiro, o percentual de investimentos de 2017 em relação ao arrecadado foi de apenas 11,73%, quando a média histórica (2007 a 2016) é de 24,9%.

O DMAE tem condições de abastecer 100% de água potável, e tratar 80% do esgoto cloacal, apesar do gestor inviabilizar a expansão da rede. As deliberações sobre os serviços de água estão centralizadas no governo e do ponto de vista jurídico, sem passar pelo corpo técnico. Também não há qualquer tipo de debate com a sociedade. Os técnicos do Departamento afirmam que a privatização aumentará a tarifa e vai piorar a prestação do serviço à população.

*Fonte: Portal do Simpa

Jornada #LulaLivre - Em Porto Alegre no 7 de Abril

Confira o primeiro vídeo de mobilização para a Jornada Lula Livre: 7 a 10 de abril em todas Capitais do Brasil #LiberdadeParaLula #LulaLivre

Em Porto Alegre será no dia 07 de abril - domingo - e marcará o primeiro ano do encarceramento injusto do maior líder popular brasileiro. 

Não deixaremos essa data passar desapercebida. Nesse dia, a partir das 15 horas, acontece o #FestivalLulaLivre na Capital gaúcha. No Memorial Prestes - Avenida Edvaldo Pereira Paiva, 1527

Uma grande manifestação cultural em defesa da liberdade de Lula, da democracia e contra os retrocessos promovidos por um governo de extrema-direita no Brasil. 

O Festival contará com a participação de Nei Lisboa, Cowboys Espirituais, Negra Jaque, Julio Reny, King Jim, Marcio Petracco, bloco Ai Que Saudade do Meu Ex, Ói Nóis Aqui Traveiz, Mima Ponsi, Preconceito Zero, Oly Jr., Brazilian Sounds, Josue Krug, Florisnei Thomaz, Clube da Esquina Tributo RS, Lili Fernandes & Bando, Andréa Cavalheiro, Luisa Gonçalves, Os Latinoamericanos Especial Belchior, Lico Silveira, Lila Borges, Denizeli Cardoso, Juçara Gaspar, Luciano Alves e muitos outros artistas gaúchos!

Confirme sua presença aqui.

Essa Reforma da Previdência é bom para quem?

Para o povo que não!

Participe do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, nesta Sexta, 22, às 18h, na Esquina Democrática, em Porto Alegre. 
Saiba mais...

Calcule como ficará sua aposentadoria caso seja aprovada a proposta de Reforma da Previdência do governo Bolsonaro.
Acesse aqui.

terça-feira, 19 de março de 2019

Motoristas de Aplicativos terão audiência para debater a insegurança

Foto Marta Resing
Em razão dos inúmeros óbitos e a insegurança que vivem os e as motoristas de aplicativos na Capital, a deputada Sofia Cavedon protocolou pedido de Audiência Pública na Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do RS para debater a situação.

 A demanda veio das e dos prestadores de serviços de transporte individual de passageiros por aplicativos e deverá ser realizada no dia 08 de abril.

Nesta terça, 19, o jornal Correio do Povo publicou matéria sobre o encontro, que está sendo construído com a Deputada e representantes da Liga dos/as Motoristas de Aplicativos (Alma/RS).

Sofia participa de ato em defesa do Pronto Atendimento Bom Jesus

Na quinta-feira (21), às 12h, novo ato ocorrerá em Porto Alegre, desta vez em defesa do Pronto Atendimento da Lomba do Pinheiro.

Apoiando a luta da comunidade e das servidoras e servidores de Porto Alegre, a deputada estadual Sofia Cavedon (PT) participou nesta terça-feira (19), do ato em defesa do Pronto Atendimento do bairro Bom Jesus.

A manifestação foi em defesa também da saúde pública e do SUS, contra as privatizações e terceirizações que estão sendo implementadas pelo prefeito na cidade, que está oferecendo à iniciativa privada o gerenciamento e a operacionalização das unidades de pronto-atendimento do município.

#EmDefesaDoSUS

Assista a sua manifestação:

Sofia participa da Audiência Pública que debateu a PEC do Plebiscito

Foto Vanessa Vargas/PTSul
A deputada Sofia Cavedon (PT) participou nesta terça-feira (19) da Audiência Pública realizada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que debateu a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) protocolada pelo governador Leite, solicitando que a Assembleia Legislativa suprima da Constituição do Estado a obrigatoriedade de realização de Plebiscito para a venda da CEEE, CRM e Sulgás.

Em sua manifestação sofia destacou que "quando candidato, Eduardo Leite prometeu diálogo. Agora governador, mudou o discurso e chegou a dizer que a população gaúcha não tem condições de opinar sobre qual o melhor destino do patrimônio público do RS. Nessa terça-feira, 19, Sofia cobrou coerência ao compromisso eleitoral firmado e respeito à democracia por parte do chefe de Executivo do RS".

Assista a sua manifestação:

Veja também: 

Direção do IPA não comparece em Audiência Pública da Comissão de Educação da ALRS

Foto Marta Resing
Sem a representação da direção foi realizada nesta terça-feira (19), pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa do RS, a Audiência Pública que debateu a situação e as perspectivas do Centro Universitário Metodista – IPA. 

Foto Marta Resing
Presidido pela deputada Sofia Cavedon (PT) foi destacado no encontro que a comunidade, professores, professoras, alunos, alunas e parlamentares estranham o comportamento dos gestores da instituição, pois a intenção é de ajudar e contribuir com saídas para manter o IPA Metodista atuando com a qualidade que sempre lhe foi referência. Sofia fez um relato da reunião da Comissão com a direção do IPA, realizada na semana passada, na busca de mediação para a situação. Ela contou da dificuldade de receber informações sobre os problemas e as perspectivas de solução para a crise.

O diretor do Sinpro/RS, Marcos Fuhr, iniciou sua fala informando que nesta segunda (18) novamente foi trocado o reitor do Centro, agora assumindo Marcos Wesley da Silva, e que, além disso, todas as iniciativas do Sindicato e da categoria tem sido infrutíferas para tentar saber o que está ocorrendo na instituição. "Descobrimos com a recente demissão de professores/as que nem o FGTS está sendo recolhido há algum tempo" salientou Fuhr. Já a diretora sindical Margot Andras salientou que "o IPA é uma instituição filantrópica que recebe incentivos fiscais e precisa dar um retorno para a comunidade”.

O IPA é administrado pela Igreja Metodista e desligou no final do ano passado 17 professores/as que até o momento não receberam suas verbas rescisórias. Já no meio de 2018 havia demitido professores/as que também aguardam o cumprimento de um acordo de parcelamento das verbas rescisórias. "Não existe qualquer explicação por parte dos gestores da Rede Metodista e muito menos da Igreja Metodista até o presente momento", destacou o professor demitido Celso Luiz Mastrascusa.

Foto Marta Resing
A professora Marcis Polidori enfatizou que a direção da Rede tem que entender que "o movimento dos e das docentes é para salvar a instituição, uma escola quase centenária e de enorme tradição em Porto Alegre" e falou sobre a diminuição dos cursos de Graduação, Pós e Extensão oferecidos lastimando a degradação das áreas físicas dos campi do IPA, como a precarização de laboratórios e piscina. Ela afirmou que a atual gestão administrativa é “temerária”.

A presidenta Sofia ainda lamentou a ausência das direções e referendou a luta contra o desmonte da Educação Metodista. A Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia encaminhará ao Ministério Público do Trabalho, para o Conselho Superior de Administração das Escolas Metodistas (Consad) e para o atual reitor do IPA cópia da ata da audiência pública realizada na manhã desta terça-feira (19). Também enviará ao Tribunal de Contas do Estado (TRE/RS) solicitação de auditoria das ações dos gestores de bolsas concedidas pelo Estado para o IPA. Outro encaminhamento será o de registrar oficialmente o descontentamento público e da Comissão com as ações administrativas e trabalhistas da Instituição.

Também se manifestaram representantes dos/das professores/as demitidos/as, dos/das alunos/as e dos/das beneficiários/as dos programas de extensão.

Escolas do Campo

Foto Marta Resing
Na reunião ordinária da Comissão representantes das escolas estaduais 15 de Julho e Chico Mendes, localizadas nos Assentamentos Conquista da Fronteira e Santa Elvira, na cidade de Hulha Negra, apresentaram suas preocupações com o fechamento de escolas e a municipalização. A secretária adjunta da Educação, Ivana Genro, presente na reunião, afirmou que a Seduc elaborou um regramento geral, mas que cada caso é um caso e a excepcionalidade pode ocorrer.

Requerimentos

A Comissão aprovou ainda dois requerimentos. O primeiro, de autoria do deputado Gabriel Souza (MDB), propõe um debate sobre o desempenho do Programa Jovem Aprendiz no âmbito do Estado. O segundo, proposto pelo deputado Sergio Peres (PRB), convida o secretário estadual do Esporte e Lazer, João Derly, a fazer uma exposição sobre o planejamento de ações e metas para o esporte no Rio Grande do Sul.

Bancada Petista participa de Ato em Defesa do Plebiscito

Foto Alexandre Pivatto
A deputada Sofia Cavedon, que participou nesta segunda-feira (18) do almoço com a bancada federal, o governador e representantes do setor privado, observou que os empresários defenderam a reforma da previdência e a compra do patrimônio público, pois para ele o Estado não produz nada.

Foto Alexandre Pivatto
Como assim o estado não produz? Por que será que eles querem comprar a Sulgás, a CRM e a CEEE? Será que é porque a gente não produz nada ou porque a gente produz muito bem, é lucrativo e tem tecnologia e soberania energética?”, indagou.

A lógica do empresariado, afirmou Sofia, é o capitalismo sem risco em que o povo paga a conta com isenção fiscal e sonegação, sem transparência e sem contrapartida.

A manifestação da Deputada foi no Teatro Dante Barone, que ficou lotado no ato em defesa do plebiscito, que garante aos gaúchos o direito de decidir sobre o futuro das estatais Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) e Companhia Rio-grandense de Mineração (CRM).

Leia mais no Portal PTSul.

Assista também: 
Em almoço na Assembleia, Sofia defende que “a melhor entrega é um bom serviço” 

segunda-feira, 18 de março de 2019

Nossas Escolhas - Boletim Semanal - Edição 06/2019

Nossas Escolhas - Edição 06 - 18/Março/2019

Acompanhe o mandato pelo Face - Acesse aqui.

Você recebeu este e-mail porque faz parte da nossa lista de contatos. Se desejar, desvincule-se deste boletim.
  #EmDefesaDoPlebiscito - Agenda da Semana
A sociedade gaúcha tem o direito de saber a consequência de privatizar as suas empresas públicas, como a CEEE, por exemplo.

Veja também: Sofia defende a escuta às e aos servidores/as sobre as PPPs e vendas de estatais
Participe das manifestações desta semana:                                                            Arte Marta Resing
Na agenda da semana também estão as lutas:
Audiência Pública do IPA na Terça,19 / Audiência Pública sobre o PLCE 02/19 na Quinta, 21 / Dia de ir às ruas para lutar pela aposentadoria, na Sexta, 22. Saiba mais clicando na respectiva imagem.   
Arte Marta Resing
Simpa
CUT
Educação
Foto Vanessa Vargas/PTSul
- Deputada Sofia destaca o esforço heroico das escolas - Gestão democrática, fechamento de escolas, enturmação, calendário impositivo, homologação de turmas, bibliotecas escolares, educação do campo e à distância, educação de jovens e adultos, concurso público e valorização dos trabalhadores e trabalhadoras em educação foram os temas que pautaram os questionamentos ao secretário estadual de Educação na Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa do RS, presidida pela deputada Sofia Cavedon. Saiba mais...

- Revertida a redução de turnos das escolas do campo. Saiba mais...

- MP de Contas irá visitar o prédio abandonado da Escola Alberto Bins. Saiba mais...
Mulher
Foto Vanessa Vargas-PTSul
- Bancada do PT homenageia Manuela D Ávila com o Troféu Mulher Cidadã“Tua história mostra que lugar de mulher é na política ou onde ela quiser” - Deputada Sofia Cavedon - Saiba mais...

- Sofia Cavedon está na galeria das Mulheres no Poder Legislativo - Saiba mais...

- Sofia participa de Seminário de Mulheres do PT em Canoas - Saiba mais...
#MariellePresente!
Foto
- Quem mandou matar Marielle? A deputada Sofia participou o ato em Porto Alegre de um ano do assassinato da vereadora e Marielle Franco e de Anderson Gomes, seu motorista. Saiba mais...

- Sofia cobra esclarecimento da autoria da morte da Vereadora Marielle e das ameaças a Jean Willys e Marcia Tiburi - Saiba mais...

Distribuição de medicamentos será tema
de audiência pública
Foto Marta Resing
De iniciativa da deputada Sofia Cavedon (PT), foi aprovada na reunião de quarta (13), na Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da ALRS, a realização de audiência pública para tratar da distribuição de medicamentos especiais para pessoas com deficiência.
Marcada para o dia 10 de abril, às 9h, com espaço a ser reservado na ALRS, a audiência será ampliada para alcançar também pessoas que sofrem de diversas enfermidades e doenças raras e dependem da dispensação da farmácia do Estado.

Saiba mais...

Transporte público em Porto Alegre
Foto arquivo
- Tarifa de ônibus de Porto Alegre é a mais cara do BrasilNão bastasse os ônibus sucateados, o salário de motoristas e cobradores/as defasados, as linhas de ônibus que estão sendo encerradas, o fim da isenção da segunda passagem e da gratuidade para idosos de 60 a 65 anos, o cidadão da Capital se vê obrigado a suportar a passagem mais cara do país.

Saiba mais...

Boletins Dia a Dia da Vigília #LulaLivre - Acesse aqui.
 FACEBOOK TWITTER YOUTUBE FLICKR WhatsApp51.986390428
Gabinete: Praça Marechal Deodoro, 101, 10º Andar, Sala 1003 - Centro Histórico
Porto Alegre/RS - Fone (51) 3210.1397 - Jorn. Marta Resing

sofia.cavedon@al.rs.gov.br / mandatosofiacavedon@gmail.com

domingo, 17 de março de 2019

#EmDefesaDoPlebiscito - Agenda da Semana

A sociedade gaúcha tem o direito de saber a consequência de privatizar as suas empresas públicas, como a CEEE, por exemplo.

Participe das manifestações desta semana: