terça-feira, 7 de outubro de 2008

Obrigada!

É belo dar quando solicitado;
porém é mais belo dar por haver compreendido
.”

Khalil Gibran


Prezados companheiros e companheiras
de sonhos e lutas:


A cidade nos honrou com mais um mandato Sofia, que recebemos com alegria e muita responsabilidade!

Sabemos que é resultado de um trabalho sério, com clareza de posições, dedicado a resolver problemas das comunidades, a estar sempre presente onde a injustiça ou a impotência de moradores diante de políticas públicas ou da ausência delas - atinge seus direitos. Um mandato que tomou iniciativas, que combateu incansavelmente pela educação, pelo direito à cultura, à saúde, à cidade saudável, onde devem conviver em harmonia o desenvolvimento e o direito à moradia, à memória, à preservação do patrimônio cultural e natural; pelo direito à liberdade de ser o que se é, sem nenhum tipo de discriminação. Mas, infelizmente, não basta um bom trabalho para que ele seja reeleito. O nosso sistema político permite a distorção do voto porque aposta na fragilidade dos partidos, no personalismo e permite o clientelismo.

No entanto, o jeito que fizemos mais esta campanha nos autoriza a dizer que este mandato foi decidido pelo voto de quem de verdade fez-se sujeito, fez escolha, tomou sua história na mão. Foi uma campanha assumida e realizada voluntariamente por muitas pessoas. Foi emocionante como tantos pediram o voto aos seus amigos, vizinhos, colegas de trabalho, emprestando sua credibilidade ao nosso projeto. E tantos que apoiaram financeiramente, o que nos garante uma independência fundamental para que as posições e votos desta vereadora sejam sempre coerentes com nosso projeto de democracia, inclusão social e qualidade de vida para todos. Assim é maravilhoso fazer política!

Meu agradecimento pessoal por tanta aposta, confiança, carinho e energia recebidos! Ao meu partido, o PT, seus militantes e simpatizantes, agradeço a honra de representá-lo e mantenho meu empenho em construí-lo para que cada vez mais honre sua história ao lado dos trabalhadores, por justiça social, democratização da terra, da renda e do poder.

Reafirmo meu compromisso de colocar toda minha capacidade pessoal, tempo, voz, criatividade, coragem e dedicação para fazer valer tanta a esperança que cada um depositou na urna junto com seu voto. Quero continuar aprendendo com as pessoas, empoderando juntos nossos mais belos sonhos!

Tenho a convicção que Porto Alegre merece uma gestão democrática, de inclusão e desenvolvimento, criativa e presente!

Abraço carinhoso, Sofia Cavedon.
Porto Alegre, 7 de outubro de 2008.