sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Comissão Especial da Copa deve funcionar após o recesso

foto mariana fontoura / cmpa
A presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereadora Sofia Cavedon (PT), confirmou no final da manhã desta quinta-feira (27/1) o acolhimento de proposta do vereador Airto Ferronato (PSB) em constituir uma Comissão Especial da Copa do Mundo de 2014. O objetivo é acompanhar e fiscalizar as obras que fazem parte do caderno de encargos da Fifa.

A previsão é que a Comissão Especial da Copa seja instalada ainda na primeira quinzena de fevereiro. Para Ferronato, as obras da Copa do Mundo deixarão um legado de realizações em termos de infraestrutura, mas é preciso levar em conta os interesses das populações atingidas por conta das intervenções no espaço urbano, ainda mais que a sociedade porto-alegrense tem tradição em participar das decisões importantes da cidade, desde o surgimento do orçamento participativo.

Sofia Cavedon disse que um dos principais objetivos da Comissão é aproveitar os recursos da Copa e fazer a cidade avançar no aspecto habitacional e ambiental, principalmente naquelas regiões em que as demandas já são conhecidas, tais como o Delta do Jacuí, as Ilhas do Guaíba e o Morro Santa Tereza.

Ela lembrou que durante os dez dias em que ficou à frente da Prefeitura fez contatos com o governo estadual, o qual poderá realizar operações de georreferenciamento e demarcação de áreas de risco, com a finalidade de proporcionar um novo paradigma para a reurbanização da cidade, levando em conta as necessidades da população e o meio ambiente. “A Ilha do Pavão poderia ser a ponta de lança desse processo”, enfatizou. Sofia alertou ainda que existem pontos obscuros com relação a algumas obras como as entradas da cidade e a reforma do aeroporto.

Ferronato explicou que ao integrar questões de infraestrutura com o tema do meio ambiente a Comissão levantará a bandeira da “Copa Verde”, isto é: a promoção da sustentabilidade combinada com as melhorias na cidade. A Comissão Especial da Copa funcionará pelos três próximos anos, devendo encerrar suas atividades após o encerramento da Copa do Mundo em Porto Alegre.

Ficou acertado que a primeira reunião, assim que marcada, irá tratar o tema do reassentamento das famílias da região da Vila Tronco, Cruzeiro e Jockey Clube, na zona sul. Essas comunidades enviaram representantes de cinco associações de moradores preocupados com o resultado das obras previstas para região, sobretudo o alargamento no entorno da Vila Tronco e Mariano de Mattos. Os moradores da Grande Cruzeiro alertam para uma possível explosão da especulação imobiliária na região. Eles querem que o novo planejamento contemple a construção de moradias para mantê-los nos bairros onde residem.

Publicado no Portal da Câmara de Porto Alegre.

Ouça: Comissão vai acompanhar ações para a Copa do Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao postar seu comentário, por favor, deixe seu contato para que possamos retornar. Obrigada.