quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Vou à Escola – Alunos receberam o Cartão Tri

foto jonathan heckler/cmpa
O programa Vou à Escola Ensino Médio em Porto Alegre, lei municipal de autoria da vereadora Sofia Cavedon (PT), em conjunto com a deputada federal Manuela D'Ávila (PCdoB), na época vereadora, iniciou nesta quarta-feira (10/8) com 44 alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Júlio de Castilhos recebendo, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre (SMED), os cartões do Programa Vou à Escola.

A implantação do Vou à Escola Ensino Médio tem o município de Porto Alegre como o responsável pela execução, mediante convênio com o governo do Estado, responsável pela fiscalização e financiamento das despesas decorrentes do programa. Neste momento serão contemplados estudantes que já possuíam o Vou à Escola no Ensino Fundamental e estão ingressando neste ano no Ensino Médio. A ação, em fase experimental, busca diminuir a evasão escolar no Ensino Médio em Porto Alegre.

A presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, Sofia Cavedon, disse estar muito emocionada. “O Colégio Julinho não foi escolhido à revelia. Foram os alunos da escola, que em 2005 ocuparam a Câmara de Vereadores, exigindo ações para o transporte escolar gratuito”. Para a vereadora a conquista do projeto é da juventude. Ela lembrou que após a construção do projeto de lei, um conjunto de forças se uniram a proposta, como os conselheiros tutelares e professores do Instituto de Educação, que culminou com a compreensão do governador Tarso Genro, que ainda em campanha colocou a ideia em seu programa de governo.

Representando os alunos beneficiados, Vera Lucia Palhares, mãe de dois estudantes do Julinho, recebeu das mãos dos secretários de Educação o Cartão Tri. Moradora do Partenon, Vera disse estar muito feliz, pois vinha enfrenta muitas dificuldades para manter os filhos na escola. “Agora meus filhos poderão continuar estudando”, comemorou.

A secretária Municipal de Educação, Cleci Jurach, ressaltou a importância da parceria entre as Secretarias para a realização deste e de outros programas que visam à qualidade da Educação. “As portas da prefeitura não se fecham para o Estado, e vice-versa. Todas as ações que o Estado demandar conosco e que estiver ao nosso alcance nós faremos”, enfatizou.

O secretário de Estado da Educação, Prof. Dr. Jose Clovis de Azevedo, iniciou seu discurso resgatando o papel histórico do “Julinho” na Campanha da Legalidade, que completa 50 anos em 2011, quando dois mil alunos do Colégio fizeram uma passeata até o Palácio Piratini. Sobre o Vou à Escola Ensino Médio Azevedo declarou: “Este é um projeto modesto frente às necessidades, mas simbólico, porque representa uma resposta concreta para as nossas necessidades e preocupações e para aqueles que possuem uma identidade e compromisso com a nossa juventude”.

Com informações da Seduc/RS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao postar seu comentário, por favor, deixe seu contato para que possamos retornar. Obrigada.