sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Câmara mostra as boas práticas pedagógicas de escolas públicas

foto jonathan heckler/cmpa
A Câmara Municipal de Porto Alegre lançou, nesta sexta-feira (16/12), o caderno “Caravana das Boas Práticas Pedagógicas”, organizado pela presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereadora Sofia Cavedon (PT), e pela editora de Ensino do jornal Correio do Povo, Maria José Vasconcelos. A publicação tem textos e ilustrações com detalhes sobre projetos desenvolvidos em escolas públicas da Capital, do Jardim de Infância ao Ensino Médio e Técnico. O evento contou com a presença de Sofia; representantes das escolas; presidente do Conselho Municipal de Educação (CME); Secretaria Municipal de Educação de Alvorada; e Maria José. Cada escola recebeu um kit com o caderno, um CD de fotos e um DVD com imagens. O caderno ainda será distribuído para todas as escolas públicas da Capital.

O lançamento marcou o encerramento da mostra de mesmo nome, que ocorreu desde o dia 12 de dezembro. O projeto “Caravana das Boas Práticas Pedagógicas” visitou 19 escolas da rede de ensino público de Porto Alegre (sete municipais e 12 estaduais), entre outubro e dezembro, com o objetivo de homenagear o trabalho e a dedicação dos professores. Os trabalhos são sobre leitura, tecnologia, cultura, meio-ambiente, entre outros.

foto jonathan heckler/cmpa
Sofia destacou a importância da parceria com o jornal Correio do Povo, por meio da página de Ensino. “É muito importante termos uma editoria que se dedica a divulgar e a valorizar o trabalho das escolas”. E destacou também que a educação e a cultura têm que “andar de mãos dadas”. “A arte faz parte da educação, e está encharcado de arte nas escolas”. Sofia elogiou a profundidade e complexidade do que é feito na educação pública, que mostra ser de qualidade.

A diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Jardim de Praça Pica-pau Amarelo, Denise Ayala, disse que foi muito importante esse olhar da cidade para o trabalho desenvolvido nas escolas. “Para nós, professores, tem muito significado ter esse espaço para divulgar nossas atividades. Com a visita da Câmara, tivemos oportunidade de mostrar o lado bonito da escola. Nós nos sentimos acarinhados”.

A diretora da Escola Estadual de Educação Básica Presidente Roosevelt, Rosângela Soletti, disse que foi uma alegria terem sido contemplados com um olhar positivo. “Isso nos fez repensar sobre os projetos da escola e reafirmar a ideia de que construir cidadania não é só ensinar Português e Matemática”.

Para a presidente do CME, Regina Scherer, por meio do caderno da Caravana, foi possível conhecer o trabalho das escolas mais de perto. “Dar visibilidade para essas práticas pedagógicas é muito importante. Deu para sentir que, não apenas é possível sonhar, mas também realizar propostas pedagógicas de sucesso. A Caravana foi um espaço de escuta da própria escola”.

foto jonathan heckler/cmpa
Maria José, que além de jornalista, é pedagoga, contou que recebe, cada vez mais, notícias de bons projetos de escolas, tanto públicas, quanto privadas. “A ideia do caderno partiu da emoção de ver os trabalhos de qualidade dos educadores e da vontade de reconhecer e estimular outras escolas a mostrarem suas atividades e fazerem outros projetos”.

Darlene Silveira (reg. prof. 6478)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao postar seu comentário, por favor, deixe seu contato para que possamos retornar. Obrigada.