terça-feira, 3 de julho de 2012

Carnavalescos estão angustiados com obras da Copa

Prefeitura novamente não dialoga com os afetados 

foto leonardo contursi/cmpa
Integrante da Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (Cece) da Câmara Municipal da Capital, a vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) disse que é “assustador o improviso e a falta de informação da prefeitura para com as escolas carnavalescas com sedes nas proximidades do Beira-Rio”.
O tema foi pauta desta terça-feira (03/7) da Comissão que retomou o assunto sobre a definição do cronograma de obras no entorno do estádio.

Sofia ressalta que mais uma vez o governo municipal não dialoga com os envolvidos diretamente afetados pelas obras da Copa. “São os moradores da Anita que lutam contra a trincheira, os moradores do Cristal que lutam pela garantia de moradia, os artistas que lutam pelo espaço Cenotécnico, os carnavalescos que lutam pelas suas quadras”, destacou. 

Conforme a vereadora, “a reunião da Comissão de Educação e Cultura constata de novo que as obras da Copa desdenham o povo e a cultura”. Ela ressalta ainda que na audiência o representante do Sport Club Internacional afirmou estar com muitas dificuldades e pouco apoio para fazer suas obras e que precisam conhecer as contrapartidas do Executivo Municipal. 

Victor Hugo Amaro, presidente da Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, disse que as preocupações persistem. “Ainda estamos sem conhecer o projeto”, lembrou. “E já há obras na frente das quadras, que poderão ficar sem acesso. Isso só aumenta nossas angústias.”

Saiba mais no Portal da CMPA.