quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Trabalho infantil ainda existe em Porto Alegre

Trabalho infantil ainda existe e muito em nossa capital! E a prefeitura recebeu R$ 900 mil para fazer o processo de acesso ao SUAS, Sistema Único de Assistência Social e não tem projeto para tal!” – Sofia Cavedon

A denúncia foi feita pela vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) na tribuna da sessão plenária da Câmara de Porto Alegre, na segunda-feira (17/9).

Conforme a vereadora importantes programas do Governo Federal na área social, não estão sendo realizados porque a Prefeitura ainda não assinou convênios como o Brasil Carinhoso e o acesso ao SUAS - Sistema Único de Assistência Social. “A informação que tenho é que tem 900 mil reais do Governo Federal já estão na conta da Prefeitura de Porto Alegre, que não fez projeto para desenvolver a busca ativa”, disse ela. Sofia afirmou que a utilização desses recursos federais, que estão disponíveis, pode ser, por exemplo, no conjunto de cursos do Pronatec, que oferece qualificação técnica, e o próprio Bolsa Família, que muitas famílias ainda não têm.

“O dinheiro federal serve para fins de mobilização do Executivo na busca do nosso jovem, das mulheres, dos homens que precisam acessar as políticas de emancipação de autonomia financeira”, declarou a vereadora.

Foto Divulgação SC
Sofia também relatou uma situação vivida por ela no centro da cidade: hoje cedo (17/09), ainda abordava uma família com um menino puxando a carroça. O abordei, obviamente como faço com todas as crianças, nos quatro anos de meu mandato- ele está na 8ª série, o que me surpreendeu positivamente -, e me disse que era só naquele dia que estava ajudando a mãe, que esta estava junto, porque ela tinha que pagar o aluguel. Ela está fora do Bolsa Família, não foi reativar, a criança estava fora; quer dizer, a busca ativa não funcionou com ela. A Fasc não está fazendo a busca ativa e, se o faz, é de forma muito precária.

Conheça o Sistema Único de Assistência Social (Suas)