sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Três Figueiras e Chácara das Pedras – Moradores reivindicam diálogo com a Prefeitura

Foto Mariana Fontoura/CMPA 
A vereadora Sofia Cavedon (PT-POA) participou nesta quinta-feira (13/9), da audiência pública que debateu das obras da bacia de detenção de cheias nos bairros Três Figueiras e Chácara das Pedras, promovida pela Câmara Municipal de Porto Alegre.

No encontro, realizado no Colégio Farroupilha, os moradores ficaram sabendo que as obras de esgoto estão prontas em várias ruas, mas, pasmem, diz Sofia, “nenhum morador foi informado que tinha que ligar seu esgoto à caixa de calçada! E com a estação de tratamento Navegantes pronta para receber e tratar este esgoto”, destaca a vereadora.

A audiência abordou a conclusão das obras das bacias de detenção de cheias da Praça Joaquim, que segundo o Executivo Municipal deverá acontecer em julho de 2013. O local fica entre a Avenida Teixeira Mendes e a Rua Gustavo Schimitt. A outra bacia que compõe o sistema de drenagem da região, localizada na Praça Celso Luft, já foi concluída e espera a finalização das redes complementares para começar a funcionar, informou os representantes do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP). 

Separação do esgoto

Foto Divulgação SC
Para que as bacias entrem em atividade, conforme o Executivo, todas as residências da região deverão ter suas redes particulares de esgoto cloacal separadas da rede de esgoto pluvial. Os moradores questionaram a exigência por não haver nenhum comunicado por parte do Executivo para que essa norma seja implementada.

Segundo a médica e moradora do bairro, Lina Zardo, a prefeitura não dialoga com os moradores. "Eu desconhecia que o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) possuía um caixa na calçada da minha casa para interligar o meu esgoto com a rede geral da cidade e separar as redes", disse. "Nós não somos comunicados de nada infelizmente." Os representantes do Dmae na reunião garantiram que um comunicado deverá ser oficializado.

Manutenção periódica 

Foto Mariana Fontoura/CMPA 
De acordo com o presidente em exercício da Associação de Moradores e Amigos do Bairro Três Figueiras, Fernando Dalmolin Ferraz, é preciso mais agilidade do Executivo, pois a população perdeu o direito de circular nas praças do bairro, e os problemas com as cheias persistem e pioram na região. "Além disso, queremos pedir a manutenção periódica das bacias que serão fechadas e não poderão ser controladas pelos moradores", afirmou.

Para Sofia Cavedon (PT) e Carlos Todeschini (PT), além do Legislativo, a população precisa conhecer os procedimentos da prefeitura de perto e estar a par do andamento das obras da cidade e das suas responsabilidades. "A comunicação tem que ser efetiva para que inclusive os moradores sintam-se parte do processo coletivo", disse a vereadora.

Com informações do Portal da CMPA.

Ouça: Audiência que discutiu solução para inundações no Três Figueiras disponível para download

Veja também:
13 de junho de 2012
Amatres pede auditoria nas obras do DEP