sábado, 27 de outubro de 2012

Começou a Feira do Livro de Porto Alegre

Foto Ramiro Furquim/Sul21
Vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) participou no final desta sexta-feira (26) da abertura oficial da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre, que aconteceu no Teatro Sancho Pança, Armazém B do Cais do Porto, que estava lotado.

Foto Divulgação SC
O patrono da feira, poeta Luiz Coronel, homenageou resistência dos “homens e mulheres de letras”. Relembrou a sua trajetória com os livros: de vendedor de livretos em porta de cursinhos pré-vestibulares a patrono. Citou Jorge Luis Borges para dizer “não acredito em um paraíso sem livros” e homenageou a resistência dos “homens e mulheres de letras” à indústria cultural e ressaltou a importância do livros em uma era saturada de informações que, muitas vezes, não contribuem para o conhecimento.

O secretário de Cultura do Estado, Luiz Antonio de Assis Brasil, representando o governador Tarso Genro falou da perplexidade da imprensa do centro do país quando a lista com os 20 destaques da literatura brasileira com menos de 40 anos da revista britânica Granta foi apresentada com um terço dos nomes sendo de escritores gaúchos. Assis Brasil disse não haver motivos para perplexidade, uma vez que temos uma cultura literária que data do século XIX, com agremiações anteriores à Academia Brasileira de Letras. Concluiu sua fala afirmando que “ser patrono da Feira é o maior prêmio literário do Estado”.

Veja aqui todas as notícias e a programação da 58ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre

Com informações do Portal Sul21