terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Cece discute expansão da educação infantil

Foto Tonico Alvares/CMPA 
A Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida pela vereadora Sofia Cavedon (PT), reuniu-se na tarde desta terça-feira (19/2) com a secretária de Educação da Capital, Cleci Jurach, e o coordenador da 1ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Antonio Branco.

No encontro, foi discutida necessidade de expansão da rede de educação infantil na cidade. No início deste mês, integrantes da comissão iniciaram uma série de visitas às escolas infantis de Porto Alegre para ver as necessidades das comunidades escolares. A escola infantil Mamãe Coruja e a creche Vitória da Conquista foram as primeiras visitadas pelos vereadores.

Conforme Sofia, são 10.400 vagas de pré-escola que necessitam ser abertas em Porto Alegre para garantir a cobertura.

O objetivo da Secretaria de Educação (Smed) é ampliar o atendimento na Educação Infantil, segundo a secretária, Cleci Jurach. Ela informou que 51 instituições comunitárias conveniadas serão construídas até o final de 2016. “Nós somos um dos três municípios que mais ganharam recursos para a construção de instituições infantis. É um reconhecimento de que Porto Alegre cumpre com os seus acordos, que o nosso prefeito tem uma boa relação com a presidente e quem lucra com tudo isso é a nossa sociedade e as nossas crianças”, destacou.

De acordo com Antonio Branco, coordenador da 1ª CRE, Porto Alegre não tem um regime de colaboração. Branco disse que é possível fazer um regime para que o Estado possa atender melhor as comunidades na Educação Infantil. “Vamos ver as regras que determinam esse regime de colaboração entre Estado, Município e União através de um levantamento para ver quais os espaços nós temos nas comunidades e fazer o estatuto”, declarou.

Falta de vagas 

A presidente do Centro Comunitário Jardim Renascença, Jussara Cabeda, criticou o governo estadual porque não há vagas na Escola Gabriel Obino. Jussara também solicitou uma audiência publica no bairro Glória.

Representando a creche Mamãe Coruja, Ana Michels falou que para qualificar seus funcionários é necessário um curso de capacitação no atendimento as crianças.

Segundo a presidente da Cece, vereadora Sofia, existe um movimento importante para a construção de creches comunitárias. “Eu saio ainda preocupada da audiência com relação ao tempo para a construção e para o atendimento das crianças, sem o estimulo necessário da pré-escola", disse. "A reunião com o governo estadual será para discutir a utilização dos espaços físicos ociosos.”

Além de Sofia participaram da reunião os vereadores Tarciso Flecha Negra (PSD), Séfora Motta (PRB), Professor Garcia (PMDB) e a vice-presidente do Conselho Municipal de Educação, Andréa Delgado.

Com informações do Portal da CMPA.