segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Cece visita Escola de Educação Infantil Mamãe Coruja

Escola tem 180 crianças na lista de espera 

Foto Ederson Nunes/CMPA
Integrantes da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece), da Câmara Municipal de Porto Alegre, visitaram nesta segunda-feira (04/02) a Escola de Educação Infantil Mamãe Coruja, no bairro Partenon.

Segundo a presidente da Cece, vereadora Sofia Cavedon (PT), a visita teve por objetivo agendar na pauta de discussões da comissão o tema da ampliação e qualificação da educação infantil no município. “Temos a função de fiscalizar, queremos aprender com os nossos educadores e aprender com a realidade que visitamos, valorizar o que é positivo e alertar para o que é necessário melhorar”, destacou Sofia.

Foto Ederson Nunes/CMPA
De acordo com a vereadora, o Governo Federal vai construir, em parceria com os municípios, três mil creches e pré-escolas neste ano. “O primeiro passo para a construção de uma unidade deve ser dado pela prefeitura, que deve assinar termo de adesão e firmar convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação. Porto Alegre deve apresentar projetos, terrenos e nós vamos fazer a mediação necessária”, disse a vereadora. Também defende que através do Regime de Colaboração com o Estado, sejam ampliadas vagas de pré-escola para crianças de 4 e 5 anos. Pautas estas que serão temas da reunião da CECE do dia 19 de fevereiro, com a presença da Secretária Municipal da Educação e representante do Governo do Estado.

A Escola Infantil Mamãe Coruja conta com quatro professores, oito monitores e 15 estagiários e atende 100 crianças de zero a seis anos. Em 2010, convênio firmado pelo clube de mães, Polícia Civil e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, transformou a Creche na atual Escola Municipal de Educação Infantil Mamãe Coruja, administrada pela Prefeitura, assegurando 40% das vagas para os filhos dos Policiais Civis e demais vagas para a comunidade. A instituição funciona em turno integral, das 7h às 19h. De acordo com a diretora da escola, Viviane Zinn Severo, há uma lista de espera de 180 crianças para ingressar na instituição.

Foto Ederson Nunes/CMPA
Também estiveram presentes na visita os vereadores João Derly (PCdoB) e Séfora Mota (PRB).

 Os vereadores puderam constatar o excelente atendimento mas também muitas necessidades da Escola:
treinamento dos educadores para os primeiros socorros e para situações de emergência como o combate ao incêndio
recursos para a realização de nova pintura da escola  reposição da cobertura do pátio interno levada em temporal em dezembro
necessidade de reposição de monitores substituindo o número exacerbado de estagiários
solicitação de acesso gratuito a cursos de atendentae de creches – necessidade dos estagiários.

A Comissão volta a visitar Instituições de Educação Infantil nesta quarta (06/02), às 11h, desta vez, uma Creche Comunitária Conveniada, na Comunidade AJ Renner do Humaitá.