terça-feira, 19 de março de 2013

Corte das árvores – Compromisso com o Parque foi consenso!

Foto Ederson Nunes/CMPA 
Regulamentar e realizar o Parque da Usina do Gasômetro, acordado em consenso entre a Câmara Municipal de Porto Alegre, Ministério Público, Moradores e Executivo Municipal, foi a principal definição da Audiência Pública sobre a duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), realizada nesta segunda-feira (18).

Para Sofia Cavedon, vereadora petista da capital, “é inacreditável que o corte de árvores prossiga sem a prefeitura aguardar as definições das diretrizes do Parque, que implica a integração de duas praças Julio Mesquita e a Brigadeiro Sampaio com a Orla do Guaíba, conforme o texto do Plano Diretor”.

Foto Divulgação SC
Sofia afirma que a retomada dos cortes das árvores, antes desse consenso, irá prejudicar de forma irreversível a constituição do Parque. “O prefeito assumiu o compromisso de discutir para chegar ao consenso na sua implementação, não podemos ter uma via com seis mãos no meio de um parque”, ressalta a vereadora.

GT foi constituído para discutir as diretrizes do Parque

Nesta quarta-feira (20/03), às 17h, no Salão Nobre da Câmara (Av. Loureiro da silva, 255), haverá a primeira reunião do Grupo de Trabalho (GT) constituído no final da Audiência Pública, que debaterá a constituição do Parque Usina do Gasômetro. Participarão vereadores, prefeitura, MP, Associação dos Moradores do Centro e representantes da Agapan, IAB/RS e do Movimento Viva o Gasômetro.