quinta-feira, 21 de março de 2013

Corte de árvores - Comissão pedirá auditoria ao MPC

Às 12h30min desta quinta-feira (21/03), a Comissão de Vereadores que defende o Parque da Usina do Gasômetro, junto com representantes da sociedade civil organizada, reúne-se com o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Geraldo Da Camino, quando solicitarão uma auditoria nos custos da obra de duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio).

Conforme Sofia Cavedon (PT-PoA), integrante da comissão e do grupo de trabalho constituído na Audiência Pública de terça-feira (19), a medida deve-se ao tempo recorde em que os projetos foram aprovados e tendo em vista que os mesmos não foram licitados. “Os projetos da obra foram apresentados em novembro e já iniciaram, com o corte das árvores, no início de fevereiro. Além do prazo muito curto, queremos saber os custos da obra, já que os projetos foram doados e não licitados pela prefeitura da capital. Pediremos ao MPC que realize um auditoria nos custos da obra, à exemplo do que já fez em relação a licitação da Avenida Tronco ”, salienta a vereadora.

Foto Mario Pepo
Na reunião do GT realizada no final da tarde desta quarta-feira (20/03), na Câmara Municipal, Sofia denunciou o risco que a obra da Edvaldo está trazendo, não só ao cortar árvores do caminho do Parque, mas com as obras públicas instaladas na cidade. “A obra de Xico Stockinger está perigosamente exposta pela obra da Edvaldo que rasga o parque Harmonia”, destaca. A promotora Ana Marchesan, representante do MP, registrou a denuncia para averiguar a situação.

Sofia destaca ainda que “existem vários conflitos em diversos pontos da instalação do Parque da Usina do Gasômetro, que precisam ser compatibilizados e construídos através de consenso, como foi acordado em entre a Câmara Municipal de Porto Alegre, Ministério Público, Moradores. Movimentos Sociais e Executivo Municipal”.

Comissão reúne-se nesta quinta-feira

A comissão que vai tratar do tema marcou a primeira reunião para esta quinta-feira (21/03), às 16h, na Câmara Municipal.

Veja também: 
19 de março de 2013
Corte das árvores – Compromisso com o Parque foi consenso!