terça-feira, 23 de abril de 2013

Procempa - empresa pública em greve - denuncia a farra dos CCs!

Foto Divulgação SC
Sofia Cavedon, vereadora petista da capital, na sessão plenária da Câmara de Porto Alegre desta segunda-feira (22/04), criticou o Executivo Municipal por usar empresas públicas, como a Procempa, para abrigar CCs de origem política. "É impressionante o desrespeito com as empresas e com os trabalhadores de carreira, que são qualificados." Sofia também criticou a postura da prefeitura em relação à negociação por reajuste salarial proposta pelos funcionários da empresa. "Após uma semana de greve, o governo ainda não quis negociar. Esperamos que na reunião de amanhã na Prefeitura haja avanços."

Mas, nesta terça-feira (23/4), a reunião com o governo do município não avançou.
Saiba mais na matéria publicada no Portal da Rádio Guaíba - Termina sem acordo reunião entre Prefeitura da Capital e servidores em greve da Procempa.

Sofia destaca ainda que as denuncias dão conta que CCs foram extintos e reduzidos em número, mas aumentados em valores na empresa. “E a mesma alega problemas financeiros para conceder pouco mais de 1% de aumento real que reivindicam os funcionários”, salientando que “é o mesmo caso da Carris”.

Foto Ederson Nunes/CMPA
Na segunda-feira os servidores da Procempa foram à Câmara Municipal e apresentaram as reivindicações as e aos vereadores(as). Uma das reivindicações dos servidores é a troca do índice de reajuste, que atualmente é o INPC pelo IGP-M, que daria uma diferença de 1,5%. “Viemos buscar uma nova mediação junto à Câmara. A greve pode ser encerrada a qualquer momento desde que haja uma solução para o impasse. Os trabalhadores querem um plano de carreira que funcione e melhores condições de trabalho”, destacou Vera Guasso.

Os servidores foram recebidos pelo presidente da Casa, vereador Dr. Thiago Duarte (PDT), e pela comissão de negociação constituída das eos vereadores(as) Airto Ferronato (PSB), Cláudio Janta (PDT), Fernanda Melchionna (PSOL) e Sofia Cavedon (PT).

Fonte: Portal da CMPA.