quinta-feira, 11 de abril de 2013

Repercussão na imprensa sobre o corte de árvores e os 100 primeiros dias

Nota publicada no jornal Correio do Povo, na edição desta quinta-feira (11/04).


Trechos extraídos da matéria publicada no Jornal do Comércio, edição desta quinta-feira (11/04)

Justiça mantém suspensão dos cortes das árvores 
Prefeitura terá de apresentar ações de compensação em até 20 dias 

Foto Sérgio Trentini/TJRS
...Os vereadores do PT Carlos Comassetto e Sofia Cavedon, que acompanharam a audiência, chamaram a atenção para a perda de espaços de convivência e exigiram que fosse respeitada a revisão do Plano Diretor, discutida durante sete anos no Legislativo e no Executivo.

O presidente do IAB também questionou a necessidade de uma obra que aumentará o fluxo de carros na área central. “O projeto está equivocado. Parte de uma premissa ultrapassada de retirar árvores para construir vias. Não há dados que comprovem a necessidade disso.”

Legislativo municipal repercute 100 dias de governo

Os vereadores de Porto Alegre repercutiram na tribuna da Câmara a entrevista concedida pelo prefeito José Fortunati (PDT) ao Jornal do Comércio, na qual o gestor admite que os 100 primeiros dias como prefeito eleito foram os mais conturbados de sua trajetória política.

Foto Tonico Alvares/CMPA
A vereadora Sofia Cavedon (PT) afirmou que é “emblemático e simbólico” o balanço de seus 100 primeiros dias e que “de fato, foram três meses bastante turbulentos”. Sofia salientou como principal problema da atual administração a “falta de diálogo com a população”.

Leia a íntegra da matéria no Portal do JC.

Veja também:
Prefeitura pagou R$ 40 mil para não replantar árvores na Beira-Rio, diz MP