sexta-feira, 19 de abril de 2013

Tribunal de Justiça suspende corte de árvores no entorno do Gasômetro

Foto Mario Pepo
A vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) está acompanhando diretamente o movimento que luta contra a derrubada das árvores pretendida pelo governo municipal para a obra de ampliação da Avenida Edvaldo Pereira Paiva. Sofia esteve, desde o início, no acampamento montado pelos jovens que estão mobilizados para impedir o corte de árvores.

Foto Mario Pepo
E na manhã desta sexta-feira (19/4), Sofia gravou com lideranças da região, o programa Câmara na Cidade, da TV Câmara (Canal 16 da Net), abordando toda a problemática do corte de árvores e da constituição do Parque do Gasômetro, defendido pela vereadora. Informaremos a data da veiculação do programa assim que nos for comunicada.

Veja abaixo matéria publicada no Portal do jornal Zero Hora

Decisão de desembargador foi tomada três dias após justiça ter autorizado o corte

Foto Mario Pepo
O Tribunal de Justiça do Estado (TJRS) suspendeu, na tarde desta sexta-feira, a liminar que permitia o corte de árvores localizadas no traçado da Avenida Edvaldo Pereira Paiva, a Avenida Beira Rio.

A decisão do desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, da 22ª Câmara Cível do TJRS, foi para impedir que as árvores fossem derrubadas antes de a Justiça decidir sobre a questão.

O Ministério Público, autor da Ação Civil Pública, sustenta que o processo de licenciamento ambiental da duplicação da Av. Edvaldo Pereira Paiva ignorou a presença do Corredor Parque do Gasômetro previsto no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (PDDUA).

Ainda no entendimento do MP, a população de Porto Alegre ficaria privada de "um local tradicional de dedicação à cultura, ao esporte e ao lazer", como é a Usina Gasômetro.

Ao analisar o recurso, o magistrado considerou que deve ser afastado qualquer ato que cause dano ao meio ambiente, uma vez que já houve a retirada de outras árvores antes do ajuizamento da ação.

Matéria publicada no Portal da Zero Hora.