sexta-feira, 28 de junho de 2013

Conae 2014 - Etapa Porto Alegre

Conferência tem nesta sexta (28) sua plenária final 

Sofia Cavedon, presidente da Comissão de Educação (Cece) da Câmara de Porto Alegre, está participando da Conferência Nacional de Educação, etapa de Porto Alegre, que iniciou na quarta-feira (26) e terá a sua plenária final nesta sexta-feira (28), no Colégio Marista Rosário, nos turnos da manhã, tarde e noite.

Em sua manifestação na abertura do encontro Sofia incentivou os participantes a projetarem a educação de maneira a dar conta da complexidade desta tarefa. “Professores recriadores de sua prática, capazes de dialogar com a nova identidade das crianças e adolescentes, com as novas e diversificadas linguagens e ciências que estudam o desenvolvimento humano e tecnológico exige altos investimentos em educação e uma profunda rediscussão de currículo. E a mobilização que está nas ruas é a experimentação democrática representativa das possibilidades imensas da participação direta do cidadão e da cidadã na produção de outro estado, portanto de outra educação!”
Foto Divulgação Gabinete
Palestrante do Eixo VII, sobre financiamento da educação, gestão, transparência e controle social dos recursos, Sofia pontuou a enorme demanda por qualidade que a sociedade coloca nos ombros dos educadores e, por outro lado, o tensionamento da inquietude dos alunos que encontra uma escola anacrônica, que não os motiva nem mobiliza para nela estar aprendendo. “Diante da iminência da ampliação da cobertura da idade para de 4 a 17 anos, da ampliação de tempo escolar, ampliar recursos vinculados da união, estados e municípios e estabelecer sanções para o ente que não cumprir, o que acontece muito hoje, é fundamental”, diz a presidente da Cece.

Emendas como a garantia do percurso educativo a todos os alunos e alunas sem interrupção e com aprendizagem, em toda a educação básica e ensino superior sendo o articulador da ação integrada dos entes federados e ainda a criação do PAC - programa de aceleração da qualidade física e tecnológica das escolas públicas contemplando todos os itens necessários a uma escola moderna, inclusiva e aconchegante, da climatização ao computador por aluno e professor, do espaço cultural à captação de energia e água, a exemplo do Plano de Necessidades de Obras (PNO) do estado foram sugeridas e trabalhadas por Sofia Cavedon durante os debates e votações do eixo.

Veja também:
17 de maio de 2013
Conae 2014 – Conferência Municipal da Capital será em junho