terça-feira, 25 de junho de 2013

Creches Comunitárias reivindicam reajuste nos convênios

Foto Divulgação Gabinete
Educadores das creches comunitárias conveniadas com a prefeitura da capital participaram nesta terça-feira (25/6) da paralisação realizada pelos municipários de Porto Alegre.

Conforme Sofia Cavedon, vereadora petista que apóia a categoria, “desde 2011 eles reivindicam o reajuste nos convênios que mal cobrem o custo de pessoal e fazem o atendimento de quase 20 mil crianças de 0 a 5 anos.”

Sofia lembra que as creches comunitárias de Porto Alegre recebem menos recursos da Prefeitura, do que o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) repassa para o Executivo Municipal. Essa denúncia já foi feita reiteradamente pelo Fórum de Entidades da Criança e do Adolescente junto ao Executivo Municipal, “que não ouve esse importante segmento que faz um atendimento essencial e que precisa ampliar”, enfatiza a vereadora.

Veja também: 
17 de maio de 2012
Prefeitura repassa menos recursos para a educação infantil da rede comunitária
07 de março de 2012
Prefeitura repassa menos recursos para a educação infantil da rede comunitária