quarta-feira, 14 de agosto de 2013

CPI da Procempa - Requerimento protocolado nesta quarta-feira

"Finalmente instala-se a CPI para investigar os desmandos da Procempa!" - Sofia Cavedon

Foto Divulgação Gabinete
Pedido de CPI da Procempa é protocolado (Jornal do Comércio)

Instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre companhia de processamento de dados pode sair em 15 dias Com a assinatura de 14 dos 36 vereadores, foi protocolado ontem na Câmara Municipal de Porto Alegre, o pedido de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Procempa para investigar as irregularidades na companhia, alvo de investigação da Operação Sete Chaves, do Ministério Público.

A iniciativa partiu do vereador Mauro Pinheiro (PT), que desde 2010 vem denunciando problemas na Procempa. Além da oposição e de vereadores que votam de forma independente, como a bancada do PSD, três vereadores da base aliada assinaram o documento.

Segundo Pinheiro, o requerimento apresentado baseia-se em 25 fatos determinados e que já haviam sido denunciados anteriormente, como dispensa indevida de licitações, contratação irregular de cargos em comissão (CCs), irregularidades em contratos, gastos excessivos em planos de saúde e discrepância de valores. O petista afirma ainda que as sindicâncias que o Executivo abriu na Procempa recentemente estavam filtrando os problemas e não avançavam na apuração das irregularidades.

Veja as Justificativas da CPI no Portal da CMPA: 
O pedido de CPI se baseia em 25 questionamentos, veja aqui.

 Leia também: 
- Fortunati exonera CCs indicados pela base aliada (Correio do Povo)
- Pedido de CPI da Procempa é protocolado (Jornal do Comércio)
- Procempa: oposição consegue assinaturas para CPI (Zero Hora)
- Vereadores entregam requerimento para a CPI da Procempa (Sul21)