segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Funcionários do Cardiologia protestam contra demissões

Foto Desirée Ferreira/CMPA
Cerca de 60 servidores que estão sendo demitidos do Instituto de Cardiologia protestaram em frente a prefeitura e no início da sessão desta segunda-feira (26/8), na Câmara Municipal de Porto Alegre. Os funcionários fazem parte do Programa de Estratégia de Saúde da Família (PSF). No total, são 400 funcionários que atuam em postos e centros de saúde administrados pelo Instituto de Cardiologia. 

Após a manifestação no plenário, os funcionários foram recebidos pelo presidente da Câmara, vereador Dr. Thiago e os vereadores Clàudio Janta (PDT), Fernanda Melchionna (PSOL) e Sofia Cavedon (PT).

Sofia sugeriu que os concursados fossem chamados para ampliação das equipes. “A prefeitura municipal está muito devagar com o tema das ampliações que prometeu em campanha eleitoral. Façam um termo de compromisso com essa turma, a turma fica por mais dois anos e vão ampliando as equipes com os concursados”, salientou.

Foto Ederson NunesCMPA
Sofia articulou na sessão e conseguiu a assinatura dos vereadores(as) no ofício encaminhado ao prefeito propondo prorrogação nos contratos por mais 2 anos e e realização do novo concurso antes de finalizar esse período.

Na reunião, Ioni Bataioli Moura, técnica de enfermagem e integrante da Comissão de Mobilização dos Servidores, formada por médicos, dentistas, enfermeiros, disse que aguarda um documento assinado pela prefeitura sobre as demissões. “O prefeito José Fortunati tem que cumprir a com a sua palavra, estamos cansados desse tratamento”, disse.

Veja aqui o Ofício.

Fonte: Portal da CMPA.