quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Auditório Araújo Vianna - MPC acolhe denúncias de Sofia sobre as irregularidades no contrato

Foto Omar Freitas/Agência RBS
O Ministério Público de Contas do RS acolheu as denúncias de irregularidades no contrato firmado entre a prefeitura da Capital e a Opus Promoções e notifica o Executivo Municipal a cumprir o edital do Auditório Araújo Vianna.

As irregularidades foram encaminhadas por Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital, apontando que a administração do local descumpre o contrato firmado entre o poder público e a empresa em 2007, que garantiu a reforma do auditório em troca da autorização de uso pela Opus.

Foto Mario Pepo
Entre as irregularidades constantes no documento está o aluguel indevido do espaço a outros empreendimentos e oferecendo menos atrações públicas do que o previsto.

A Secretaria de Cultura do Município de Porto Alegre, tem 10 dias úteis a contar do recebimento do documento, quais as medidas administrativas foram determinadas para a observância da recomendação. 

Acesse aqui a Recomendação do MPC.

Veja também:
- Sob suspeita - Ministério Público de Contas analisa denúncias sobre uso do Araújo Vianna 
- Auditório Araújo Vianna – Sofia quer datas públicas para os artistas populares 
- Carta de esclarecimento sobre o Auditório Araújo Vianna 
- Araújo Vianna – Sofia recebe apoio de produtores culturais da cidade