terça-feira, 24 de setembro de 2013

Cece discute apoio para Encontro Interestadual de Zouk

A Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventude da Câmara Municipal (Cece) recebeu, na tarde desta terça-feira (24/9) os organizadores do 2º Encontro Interestadual de Zouk - ritmo de dança semelhante ao da lambada, criado no Brasil, inicialmente no Rio de Janeiro e Bahia, mas que se disseminou por mais de 37 países.

Thyago Cunha e Débora Mascolo apresentaram a proposta do evento aos vereadores e aos representantes das secretarias de Cultura do município e do Estado. Eles pediram apoio para que a atividade possa se tornar uma referência no debate, não apenas do Zouk – conhecida como a dança do amor – mas do conceito de paz que ela pode agregar à sociedade, assim como para a qualificação de professores, a formação de público e de incremento ao turismo, já que muitos dos participantes são de fora do Estado.

De acordo com Débora, o encontro cresceu 100%, pois de dois dias passa a ter quatro, previstos para ocorrerem entre 24 e 27 de outubro. O local também se qualificou. Em 2012 a atividade aconteceu na Sociedade Hebraica, passando esse ano para o Centro Esportivo da PUC, “onde as oficinas serão ministradas em salas espelhadas apropriadas para dança”, disse a organizadora. O encontro está dividido em palestras, oficinas, fórum de debate e mostra competitiva, além da realização de um baile de encerramento.

Foto Ederson Nunes/CMPA 
A ideia é reunir quem dança, mas especialmente quem não dança e tem curiosidade de conhecer o que a dança é capaz de proporcionar às pessoas”, disse Thyago Cunha, ao expor os objetivos do encontro. Ele salientou que entre os palestrantes está o africanista Eduardo Fontes Júnior, que no dia 24 de outubro, às 13h30, falará sobre a relação histórica e cultural entre o Brasil e a África. Entre as necessidades de apoio solicitadas pelo grupo aos representantes das secretarias de Cultura está o local para a realização de um "aulão" aberto ao público com espaço para 200 pessoas.

Jane Carvalho, que representou o secretário municipal Roque Jacoby, como Marcelo Restori, que compareceu em nome do Instituto Estadual de Artes Cênicas, colocaram-se à disposição para ver o que é possível fazer no curto espaço de tempo disponível. Eles, no entanto, alertaram que o apoio financeiro para esse tipo de atividade deve ser feito por meio da captação junto ao Fumproarte, FAC, LIC e outros editais abertos ao longo do ano para projetos culturais. De acordo com Débora, isso será feito para 2014 e só não aconteceu porque a primeira edição do encontro ocorreu em dezembro de 2012, quando os editais para 2013 já estavam fechados.

Foto Ederson Nunes/CMPA 
A presidente da Cece, vereadora Sofia Cavedon (PT), sugeriu que o município verifique a possibilidade de cedência de espaço para a realização do "aulão" aberto à população. Entre os locais citados, o Centro de Cultura Erico Verissimo e a Usina do Gasômetro. Jane Carvalho disse que levará o pedido ao secretário Jacoby, mas antecipou que em ambos os locais já existe uma programação previamente agendada, o que dificulta a possibilidade de concessão.

Programação do 2º Encontro Interestadual de Zouk 
Página do evento no Facebook/Encontro.Interestadual.de.Zouk.

Fonte: Portal da CMPA.