terça-feira, 8 de outubro de 2013

Caravana das Boas Práticas Pedagógicas conhece o jornal Otávio Nota Mil

Foto Desirée Ferreira/CMPA
A Escola Estadual Otávio de Souza acolhe tão bem o Pibid que já tem três grupos: Pedagogia, Filosofia e Educação Física. O Jornal da Escola é produto e processo desta parceria Universidade e Escola! A Caravana das Boas Práticas hoje pela manhã testemunhou!” – Sofia Cavedon 

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre visitou, na manhã desta terça-feira (8/10), o Colégio Estadual Professor Otávio de Souza, localizado na Rua Afonso Rodrigues, Jardim Botânico. A visita, que faz parte do projeto Caravana das Boas Práticas Pedagógicas, visa, segundo a vereadora Sofia Cavedon (PT), presidente da Cece, acumular o expertise desenvolvido por algumas comunidades escolares para, depois, democraticamente, compartilhá-los com outras instituições de ensino.

Foto Desirée Ferreira/CMPA
Antes da apresentação do projeto desenvolvido pelos alunos, Sofia explicou a função do Legislativo Municipal e tirou dúvidas dos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental. A turma mostrou-se com grande expectativa em apresentar o projeto à parlamentar: o jornal Otávio Nota Mil. O periódico, produzido pelos estudantes com o auxílio dos estagiários do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), está na 5ª edição, faltando uma tiragem para encerrar o projeto neste ano.

Ao total, seis turmas participam da confecção do Otávio Nota Mil, escrevendo uma matéria cada. Conforme Eduardo Rech Mandelli, estagiário do Pibid, devido à falta de recursos, só é possível imprimir dois exemplares por turma, o que leva os alunos a se revezarem para levar o jornal para casa e mostrar aos pais. Sofia comprometeu-se, em nome da Comissão, a fazer a impressão da última edição do jornal e distribuir uma cópia para cada estudante.

Para a vice-diretora, Maria Aparecida Silveira, o jornal é responsável por uma maior integração dos 600 alunos do Otávio de Souza, que, na produção do projeto, interagem bastante. Maria Aparecida explicou também que, a cada ano, o projeto executado pelo Pibid é diferente. “Os estagiários do Pibid vêm à escola duas manhãs por semana e ajudam as professoras, fazendo, a cada ano, uma intervenção pedagógica específica”, disse.

Foto Desirée Ferreira/CMPA
Segundo Sofia Cavedon, é muito importante possibilitar aos alunos um espaço onde possam tomar para si o processo de aprendizagem, como na produção do jornal Otávio Nota Mil ou na construção de um diário coletivo, também praticado pelos estudantes, no qual as crianças refletem sobre o que aprendem. “O diário é uma prática excelente, pois ele potencializa o aprendizado. Está aí a diferença da aula copiada para a aula escrita. Esse é o diferencial, mostra que a escola compreende que o processo de aprendizagem é do aluno”, afirmou.

O Colégio Estadual Professor Otávio de Souza também possui auxílio do Pibid nas disciplinas de Educação Física e Filosofia. Em relação ao esporte, o trabalho é focado na revitalização dos espaços de atividade. Já o trabalho com a Filosofia é recente e desenvolvido apenas com o Ensino Médio. Há previsão de a escola receber um quarto grupo no ano que vem.

Estrutura

A supervisora da escola, Lídia Marques Barbarine, aproveitou a visita da Comissão e falou sobre a quadra de esportes, que não é coberta e impede a execução das aulas em dias de muito frio e chuva. “Já possuímos a estrutura, falta, infelizmente, a cobertura”, lamentou. Lídia disse que, no laboratório de informática, dos 30 terminais, cerca de 10 funcionam e que só existe uma pessoa responsável pela limpeza de toda a escola. 

Fonte: Portal da CMPA.