quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Festa Jovem do Programa de Trabalho Educativo (PTE)

Foto Divulgação/PMPA
Presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre, a vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA), prestigiou, nesta terça-feira (01/10), a Festa Jovem do Programa de Trabalho Educativo (PTE) para estudantes que frequentam as atividades regulares em escolas municipais. O encontro contou com abertura de show de reggae a cargo de Paulo Dionísio, além da banda Calote Samba Rock e do MC Jean Paul, no bar Opinião, no bairro Cidade Baixa.

A confraternização, que ocorre uma vez por ano para reunir alunos, familiares, professores e comunidade escolar, teve público de, aproximadamente, 500 pessoas. A festa envolveu alunos de 14 a 80 anos, matriculados nas quatro escolas de Educação Especial Fundamental da rede municipal: Elyseu Paglioli, Lygia Morrone Averbuck, Professor Luiz Francisco Lucena Borges e Tristão Sucupira Viana. Também participaram estudantes do Centro Municipal de Educação dos Trabalhadores (Cmet) Paulo Freire, além de estudantes do ensino regular atendidos em Salas de Integração e Recursos (SIR) e PTE.

Foto Divulgação Gabinete
O atendimento da SIR faz parte das atividades pedagógicas desenvolvidas como serviço de apoio à inclusão no Ensino Fundamental para alunos com necessidades educacionais especiais matriculados na rede regular de ensino. Atuando em conjunto, o PTE caracteriza-se por serviço da Educação Especial que prepara alunos com deficiência e/ou transtornos globais do desenvolvimento, em fase de conclusão do Ensino Fundamental, para atuação no mercado de trabalho, oferecendo novas possibilidades de aprendizagem para além do espaço escolar.

Para a coordenadora-técnica do PTE, do setor de Educação Especial da Smed, Adriana Perdomo, “o principal objetivo da festa foi promover a socialização dos alunos, oportunizando a convivência em ambiente jovem com integração dos demais membros da comunidade escolar e professores”.

SIR – Caracteriza-se por oferta pedagógica que promova acesso, participação e aprendizagem no ensino regular, fomentando o desenvolvimento de recursos didáticos e pedagógicos que eliminem barreiras no processo de ensino e aprendizagem. Além do atendimento educacional especializado, são realizadas assessorias às escolas, buscando o desenvolvimento do processo de inclusão escolar. Os profissionais que atuam em SIR possuem formação específica em Educação Especial (deficiência mental, deficiência visual, altas habilidades/superdotação).

PTE – É oferecido para alunos das quatro escolas especiais, Cmet Paulo Freire e alunos do ensino regular atendidos na SIR/ PTE. Cerca de 150 alunos estão em preparação ou já trabalhando em secretarias e departamentos do município, na Câmara de Vereadores e na iniciativa privada. O programa conta com parcerias importantes, tais como Senai, Senac, Superintendência Regional do Trabalho, Comitê Pró-Inclusão e Grupo de Apoio Local, na oferta de cursos de capacitação e no encaminhamento ao mercado de trabalho.

Fonte: Portal da Smed.