quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Mantido veto a projeto de Sofia Cavedon que exigia brinquedo adaptado em escolas

Foto Divulgação Gabinete
Mantido o VETO do governo municipal à minha lei que exigia brinquedos adaptados para crianças incluídas em escolas, por lamentável ação e constrangimento do governo junto a esta Câmara e por lastimável bloqueio político partidário de alguns partidos da base deste governo que só mostra maior estreiteza e arrogância! Eram necessários 19 votos para derrubar o veto e conseguimos 13.

São estes os bravos e coerentes vereadores: João Derly (PCdoB), Delegado Cleiton (PDT), Lourdes Sprenger (PMDB), Séfora Mota (PRB), Bernardino Vendruscolo (PROS), Tarciso Flecha Negra (PSD), Fernanda Melchionna (PSOL), Engenheiro Comassetto (PT), Marcelo Sgarbossa (PT), Mauro Pinheiro (PT), Paulo Brum (PTB) e Claudio Janta (SDD).” – Sofia Cavedon (PT) 

Vereadores mantém Veto do Prefeito 

Foto Elson Sempé Pedroso/CMPA
É um sofrimento aprovar qualquer projeto nesta Câmara, porque convencidos os vereadores, a prefeitura veta, se não for sua autoria!” – Sofia Cavedon

Os vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre mantiveram, na tarde desta quarta-feira (13/11), veto total do Executivo a projeto de lei da vereadora Sofia Cavedon (PT) que estendia às áreas de lazer das escolas no Município a instalação de, no mínimo, um equipamento para lazer e recreação infantil adaptado a crianças com deficiência física ou mental.

A proposta havia sido aprovada pelo plenário em agosto. Na apreciação do veto, foram 13 votos favoráveis à proposta e 13 pelo veto. Com isso, sem maioria, o veto foi mantido.

Conforme o Executivo, a proposta foi vetada pelo fato de já existir diretriz na Secretaria Municipal de Educação, como política pública, de colocação de brinquedos e equipamentos de lazer acessíveis nas escolas que o necessitem, possuindo dois brinquedos, gira-gira e balanços, além de outros equipamentos adaptáveis às características de cada unidade escolar. “Apenas as quatro escolas especiais da capital tem brinquedos adaptados, das 86 escolas municipais existentes. E o governo veta minha lei dizendo que faz!”, destaca a parlamentar.

Foto Divulgação Gabinete
Sofia justifica que a sua proposta teria a intenção de eliminar uma lacuna em lei que determina a instalação de equipamentos adaptados a crianças com deficiência nas áreas públicas destinadas ao lazer ou à recreação em Porto Alegre. “A minha intenção é que esses equipamentos sejam instalados também nas áreas de lazer das escolas, garantindo o direito de brincar de todas as crianças”, afirmou.

Como foi a votação:

Votou Não: 
Reginaldo Pujol (DEM); Luiza Neves (PDT); Mario Fraga (PDT); Nereu D'Avila (PDT); Idenir Cecchim (PMDB); Professor Garcia (PMDB); Guilherme Socias Villela (PP); João Carlos Nedel (PP); Mônica Leal (PP); Waldir Canal (PRB); Airto Ferronato (PSB); Mario Manfro (PSDB); Alceu Brasinha (PTB); Cassio Trogildo (PTB);

Não Votaram: Dr. Thiago (PDT); Any Ortiz (PPS); Paulinho Motorista (PSB); Pedro Ruas (PSOL); Alberto Kopittke (PT); Elizandro Sabino (PTB).

Representação externa: Márcio Bins Ely (PDT); Valter Nagelstein (PMDB)

Veja aqui a votação.

Fonte: Portal da CMPA.