segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Terceirizadas da Rede Municipal de novo tem seus direitos desrespeitados

Foto Francielle Caetano/CMPA
Nesta segunda-feira (18/11) a vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) subiu mais uma vez na tribuna da Câmara Municipal de Porto Alegre para denunciar o descaso do governo municipal, através de sua secretaria de Educação (Smed), com as(os) terceirizadas(os) que atuam como cozinheiras(os), auxiliares de cozinha e auxiliares de serviços gerais na Rede Municipal de Ensino (RME).

Novamente a Cooperativa de Trabalho Rio-grandense (Cootrario), que detém o contrato do serviço, não está pagando aos funcionários o vale-transporte e o vale-alimentação, além da falta de depósito do FGTS

Sofia disse que gostaria que as bancadas de apoio ao governo fizessem um contato imediato com o executivo municipal, para que este se posicione sobre os funcionários do Cootrario que estão sem receber os benefícios que são direitos garantidos por lei. “Falamos com a Smed, mas disseram que não podem fazer nada. É inaceitável que, trabalhando para órgão público, o funcionário não receba sequer o valor da passagem de ônibus. Nós temos uma cooperativa que tem funcionários com CLT, isso é inadmissível”, concluiu a parlamentar.

Veja também:

23 de fevereiro de 2012
Cooperativadas - Há 5 anos trabalhadoras lutam pelos seus direitos

25 de abril de 2012
Terceirizadas da Rede Municipal de Educação vão ao Sindicato

10 de setembro de 2012
Cootrario demite funcionárias que integram a Comissão Representativa da categoria