quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Feira do Livro da Zona Sul esta no calendário oficial de Porto Alegre em 2014

Foto Marta Resing
A partir de 2014 a Feira do Livro da Zona Sul constará do calendário oficial de Datas Comemorativas e de Conscientização de Porto Alegre.

A proposta, apresentada pela vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA) e construída com a direção da Associação do Grupo de Empresários da Tristeza e Zona Sul – GET Zona Sul, foi aprovada na sessão plenária desta quarta-feira (04/12) na Câmara Municipal de Porto Alegre.

A lei, que irá para sansão do prefeito, coloca a Feira do Livro da Zona Sul no calendário oficial do município. Sofia comemora a conquista “na sua terceira edição, a Feira do Livro da Zona Sul estará no calendário oficial da cidade!”

Conforme a parlamentar a proposta foi construída coletivamente com a GET Zona Sul. “O evento tem se destacado por promover o desenvolvimento econômico da região, estimular a descentralização cultural e artística e por favorecer a integração e confraternização da comunidade”, destaca a vereadora.

Grupo tem se empenhado para trazer desenvolvimento à região 

O GET está realizando diversas atividades que fomentam o comércio, mas também as ações comunitárias na Zona Sul. Prova disso é o êxito da última edição da Feira do Livro da Zona Sul que reuniu cerca de quatro mil visitantes em apenas três dias.

Para Rita Grigoletti, presidente do grupo de empresários, o apoio de Sofia Cavedon tem sido importante para as conquistas recentes. “A vereadora é nossa parceira e apoiadora desde a primeira Feira”, enfatizou. Rita também exaltou a participação dos empresários nas ações que vêm sendo realizadas na Zona Sul. “Estamos no caminho certo para a realização de novas conquistas para a comunidade”. 

A Feira 

Propositadamente realizada no mês de abril – em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil e ao Dia Internacional do Livro, 18 e 23, respectivamente, e também por ser em uma estação do ano com dias ensolarados e temperaturas amenas -, a Praça Comendador Souza Gomes, um tradicional espaço de convivência no coração do bairro Tristeza, se enche de livreiros, pequenos comerciantes e leitores em busca de cultura e entretenimento.

Este evento tem sido apoiado pelo Fórum de Planejamento da Região 6 e demais entidades comunitárias. 

Com informações do Portal Meu Bairro.

Ouça: Feira do Livro da Tristeza entra para o calendário da Capital