sexta-feira, 25 de abril de 2014

Curso de Tecnólogo em Segurança para a BM e expansão do IFRS

Foto Marta Resing
Curso de Tecnólogo em Segurança Pública para a Brigada Militar do RS poderá ser o primeiro a ser desenvolvido no Brasil. A iniciativa foi tema de pauta da reunião realizada nesta sexta-feira (25/4), entre o Comando Geral da Brigada Militar e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), e teve a mediação de Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital e vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara de Porto Alegre.

A reunião com a reitora do IFRS, Claudia Schiedeck Soares de Souza, foi realizada na sede do Câmpus Porto Alegre e contou com o Cel. Jose Carlos Albino, chefe de gabinete do comandante-geral da BM Cel. Fábio Duarte Fernandes. Também presente o pró-reitor adjunto de Ensino do IFRS, Vinícius Lima Lousada.

Conforme o Cel. Albino, a proposta é de que a Brigada Militar seja a instituição escolhida para desenvolver o primeiro Curso de Tecnólogo em Segurança Pública do Brasil. “O acúmulo e a disposição institucional para essa iniciativa, por si só, já nos credenciam à realização de tal desafio. Temos uma longa história de desenvolvimento dos nossos recursos humanos, somos pioneiros, no país, como a primeira PM que exigiu, para ingressos em suas fileiras, o curso de direito para seus oficiais. Temos a educação policial como uma política estrutural de desenvolvimento da nossa instituição e de nossos servidores.”

Por isso, afirmou o Coronel, nosso Comandante Geral destacou no documento entregue à Reitoria do IFRS, entre outros aspectos, que entendemos que a Brigada Militar é capaz de fazer com que os servidores, ao ingressarem na BM, possam ter o seu curso de formação de soldado como um Curso de Tecnólogo em Segurança Pública. “Para tanto, estamos nos colocando à disposição para atender às demandas necessárias, e queremos trilhar, juntos, o caminho para que nossos servidores ajudem e compreendam as transformações sociais em que estão envoltos. E, além disso, possam exercer sua cidadania e desenvolver suas atividades de modo mais solidário e humano, junto às comunidades, de maneira mais efetiva e melhor”, destaca o documento.

A reitora Claudia de Souza colocou-se à disposição para avançar na construção da proposta que, em sua opinião, vem agregar valor a formação da Brigada Militar, qualificando seus quadros. “Ganharão o Instituto, a Corporação, a gestão e a sociedade”, enfatizou.

Sofia Cavedon, articuladora do encontro, manifestou-se dizendo “estamos tratando de vidas. Essa é uma área fundamental para a sociedade”. A parlamentar comemorou ainda a informação da Reitora, de que o Governo Federal dispõe de vários programas para a área de segurança, entre eles o curso de Tecnólogo em Segurança Pública.

GT será constituído 

Ficou definido na reunião a constituição de um Grupo de Trabalho (GT) com representantes do IFRS e BM, que irão elaborar a minuta inicial para o convênio de implementação do curso.

Expansão do IFRS

Foto Marta Resing
Na segunda pauta com a Reitora do IFRS, Sofia Cavedon encaminhou o vereador Leo Dahmer (PT), presidente da Câmara Municipal de Esteio, que buscava informações para a implantação do Instituto no município.

Conforme propôs a reitora Claudia de Souza, também será constituído um Grupo de Trabalho que irá estudar a solicitação. Ela enfatizou que as possibilidades existem, pois a política do governo federal vem permitindo a ampliação de ofertas de cursos técnicos.