sexta-feira, 4 de abril de 2014

Fim de parceria entre Smed e Coca-cola foi solicitado ao MP

Foto Marta Resing
Acompanhada de várias representações da área, a vereadora Sofia Cavedon (PT), vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Porto Alegre, entrou no Ministério Público Estadual (MP), nesta sexta-feira (04/4), com uma representação contra a parceria firmada entre a Secretaria de Educação (Smed) e a Coca-Cola para a realização do “Tour da Taça” nas escolas públicas do município.

A audiência foi com a promotora da Infância e Juventude, Drª Inglacir Dornelles Clós Delavedova, na sede do MP (Av. Aureliano Pinto de Figueiredo, 80, 5º andar), e contou com representação do Setor de Nutrição da UFRGS, Rede Internacional de Defesa ao Aleitamento Materno (Ibfan RS), ONG Ciupoa (Centro de Inteligência de Porto Alegre), e Conselho Municipal de Educação (CME).

Foto Marta Resing
Sofia concorda com a médica e professora Noemia Perli Goldraich, coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Doenças Crônicas na Infância da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que classifica essa decisão como “um desserviço à educação e a saúde das crianças”.

Conforme a parlamentar e a médica, “enquanto nós estamos batalhando contra a verdadeira epidemia de sobrepeso-obesidade e hipertensão que acomete as crianças de Porto Alegre, a Coca Cola fecha uma parceria com a SMED para que as crianças de nossas escolas conheçam a 'fábrica de felicidade" da Coca-Cola e ganhem um kit Coca’, sob o pretexto de distribuírem ingressos para a Copa para 2 alunos e 2 professores da rede municipal de ensino e R$ 16.000,00 (R$ 8.000,00 para cada escola) para benfeitorias nas escolas”.

Na audiência foi ressaltada pelas representações que a ação é “propaganda desleal, antiética, enganosa e deseducativa. Confunde esporte com refrigerante, que certamente se associa a obesidade. Nos Estados Unidos, o consumo da Coca-Cola, pelo excesso de açúcar, está caindo e agora eles precisam atacar nos países em desenvolvimento, conforme foi demonstrado recentemente em reportagem publicada em uma revista de circulação nacional”, enfatizaram.

Ao mesmo tempo elas apontaram a incoerência da Smed, que em seu portal publicou a matéria “Secretaria de Educação combaterá hipertensão e obesidade”, afirmando que intensificará os trabalhos de educação alimentar e nutricional na rede de ensino do município.

Conforme a professora Noemia Goldraich, dados parciais de levantamento realizado com cerca de 700 crianças, em 15 escolas de Educação Infantil da rede municipal de ensino, apontam que 20% dos alunos de 2 a 5 anos entrevistados e avaliados em 2013 foram identificados com hipertensão e 10% com pré-hipertensão.

“Tour da Taça” 

A Secretaria de Educação de Porto Alegre firmou uma parceria com a Coca-Cola para a realização do “Tour da Taça” nas escolas públicas do município. Segundo informa o portal da empresa, “o Tour da Taça faz parte da campanha da Coca-Cola para Copa do Mundo de 2014, que convidará os fãs para celebrar ‘A Copa de Todo Mundo’”.

Uma nota da Diretoria Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação detalha a realização da parceria nas escolas na rede municipal. Alunos de 12 a 15 anos de escolas municipais realizaram uma visita ao Barrashopping, na zona sul da capital. Após, será realizado um concurso de redação sobre a experiência (a visita ao shopping). A premiação ocorrerá em dois níveis. Cada escola escolherá seus dois vencedores que ganharão como prêmio um “passeio na Fábrica da Felicidade da Coca-Cola” e “kits Coca-Cola”.

Também serão premiados dois alunos escolhidos entre todas as escolas da rede, que ganharão dois ingressos para jogos da Copa. Professores e diretores das escolas destes dois alunos também ganharão ingressos como prêmio. E essas duas escolas ganharão da Coca-Cola R$ 8 mil em “benfeitorias nas estruturas para práticas esportivas” mais kits de bolas Adidas.

Veja também:
- Matéria publicada no Portal do RS Urgente.

- Publicidade dirigida às crianças deve acabar imediatamente
Publicada de 04 de abril de 2014 no Diário Oficial da União, Resolução 163 do Conanda, de 13 de março de 2014, considera abusiva toda publicidade direcionada às crianças.

O texto completo, disponível aqui.

Fonte: Instituto Alana.