terça-feira, 22 de abril de 2014

Frente Parlamentar de Enfrentamento às DST/HIV/Aids, Tuberculose e Hepatites Virais será reativada

Foto Alexandre Böer
Em Porto Alegre, em 2013, foram notificados 1.865 casos de tuberculose; 1.094 casos de Aids e 1.269 de hepatites virais.

Esta foi a razão que motivou as representantes do Comitê Estadual de Enfrentamento da Tuberculose do RS (CEETB/RS), Neusa Heinzelmann; Maria Teresinha Santos Diaspara e Sônia Pinheiro a solicitar a vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA), a retomada da Frente Parlamentar de Enfrentamento às DST/HIV/Aids, Tuberculose e Hepatites Virais da Câmara de Vereadores. O encontro ocorreu nesta terça-feira (22/4), no gabinete da vereadora.

Sofia informou que já solicitou o desarquivamento da Frente e fez um pedido de informações à Prefeitura de Porto Alegre para apurar quais as políticas que estão sendo desenvolvidas, já que a incidência de tuberculose no Rio Grande do Sul é quase 40% maior do que a média nacional. “Em solo gaúcho, a doença atinge 50 pessoas a cada 100 mil habitantes, contra 36 em todo país e os índices da capital são líderes deste ranking”, salienta a parlamentar.