quinta-feira, 8 de maio de 2014

Municipários de Porto Alegre paralisam no dia 15

Sou professora, sou municipária, perfilada com a luta por políticas públicas de qualidade com servidor valorizado. - Sofia Cavedon

Foto Divulgação Simpa
Em assembleia geral, realizada na tarde dessa quinta-feira (8), os municipários de Porto Alegre deliberam pelo estado de greve e pela realização de paralisação de toda a categoria no próximo dia 15.

O governo municipal apresentou resposta à pauta de reivindicação dos servidores somente hoje, com a previsão de reposição parcelada da inflação (INPC), com 2,5% em maio e o restante somente em janeiro de 2015. O percentual de inflação também seria aplicado ao vale alimentação, que sofreria reajuste de R$ 0,97. Na reunião, os dirigentes do Sindicato dos Muncipários de Porto Alegre também receberam respostas evasivas sobre os outros itens da pauta. Os servidores rejeitaram, por unanimidade, a proposta do governo.

Foto Divulgação Gabinete
Após a assembleia, houve uma caminhada até a sede da Secretaria Municipal de Educação, em repúdio às perseguições e atos de assédio moral promovidos pela titular da pasta contra os trabalhadores da Educação. Situação igual também acontece com os servidores da Saúde. Os municipários seguiram pelas ruas do Centro até o Paço Municipal, onde o Sindicato protocolou um documento ao prefeito, reivindicando que assuma a negociação salarial, receba a direção do Sindicato e abra o diálogo direto com a categoria.

Outras ações de mobilização foram deliberadas, como a intensificação das assembleias regionais na cidade e o diálogo com a população sobre as precárias condições de trabalho e falta de recursos humanos, que prejudicam servidores e a prestação dos serviços à comunidade.

Paralisação de todos os servidores municipais no dia 15 de maio, com ato público a partir das 9h, no Paço Municipal. Às 14 horas, realização de assembleia geral (local a confirmar).

Informações: contato@simpa.org.br (51) 3228.2325 ou 97272670

Fonte: Portal do Simpa.