domingo, 22 de junho de 2014

PT oficializa candidatura de Dilma à reeleição

Foto Ricardo Stuckert/Instituto Lula
O PT oficializou neste sábado (21), em sua convenção nacional, a candidatura da presidenta Dilma Rousseff a seu segundo mandato nas eleições de 5 de outubro. Também foi renovada a aliança do PT com o PMDB e a candidatura de Michel Temer à reeleição a vice-presidente como companheiro de chapa de Dilma. A aliança foi aprovada há duas semanas pelo PMDB.

No encontro, realizado em Brasília, Dilma e Temer tiveram o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o presidente nacional do PT, Rui Falcão; além de presidentes de partidos aliados, vários ex-ministros, dezenas de parlamentares, governadores, prefeitos e líderes políticos regionais.

Foto Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Lula ressaltou as mudanças vividas pelo país nos últimos anos e chamou a militância petista a tomar as ruas do país. “Pelo que nós fizemos, temos de ir para a rua e defender essa mulher”, disse.

Falcão voltou a ressaltar a necessidade de implementar uma reforma do sistema político eleitoral e a democratização dos meios de comunicação, a qual, segundo disse, “os oligopólios tentam caracterizar como censura”. O presidente nacional do PT também comentou as vaias que Dilma recebeu durante a partida de abertura da Copa do Mundo, e disse que o “tiro saiu pela culatra” porque a presidenta foi cercada pela solidariedade dos que condenam a violência.

Transformação 

Foto Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Durante seu discurso, Dilma anunciou o Plano de Transformação Nacional, que será o principal eixo do seu programa de governo. Segundo ela, trata-se de um conjunto de medidas, como reformas política, federativa, urbana e de serviços públicos, além de outros mecanismos capazes de produzir revoluções educacional, tecnológica e digital “que levarão o país a um novo ciclo histórico de desenvolvimento”.

“Temos, agora, uma oportunidade rara na história: defender os grandes resultados de um ciclo fabuloso e, ao mesmo tempo, ter força para anunciar o nascimento de um novo ciclo de desenvolvimento”, disse Dilma, no evento que oficializou sua candidatura ao Palácio do Planalto, em Brasília.

Dilma afirmou que o principal mecanismo para deflagrar uma revolução digital no país será o programa Banda Larga para Todos, que tem a meta de promover a universalização do acesso de todos os brasileiros a um serviço de internet barato, rápido e seguro.

“O programa pressupõe tanto a expansão da infra-estrutura de fibras óticas e equipamentos de última geração, como o uso da Internet como ferramenta de educação, lazer e instrumento de participação popular, nas decisões do governo”, explicou.

Leia aqui a íntegra do discurso da presidenta Dilma.

Fonte: Portal Sul21 (Com Rede Brasil Atual e site do PT Nacional).

Veja também:
Eleições: PT/RS faz convenção dia 28 de junho

Assista a “Coração Valente”, o jingle de Dilma na campanha à reeleição

O material foi apresentado à militância petista durante a convenção nacional do PT, em Brasília.