sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Câmara deve votar na próxima semana as mudanças na Fasc

Foto Tonico Alvares/CMPA
Tarde "pegada" na discussão e votação da reestruturação da FASC. Governo não quer empoderamento popular e a população vulnerável fica sem a fiscalização dos recursos que podem beneficiá-los. Sofia Cavedon

O Plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre deve votar novamente, na próxima semana, a Mensagem Retificativa Parcial do Executivo ao projeto de lei que prevê a reestruturação da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc).

Foto Leonardo Contursi/CMPA
A Mensagem foi rejeitada na sessão de quarta-feira (6/8), mas o vereador Reginaldo Pujol (DEM) solicitou a renovação de votação da matéria porque faltaram dois votos dos 19 necessários para aprová-la. A Mensagem Retificativa dá nova redação a diversos artigos da proposta original e inclui no projeto o Programa de Incentivo à Demissão Voluntária dos funcionários celetistas da Fasc. Com o PDV, o Executivo pretende escalonar a ocupação dos cargos efetivos que estão sendo criados conforme a adesão dos funcionários ao programa de demissões

Veja também:
- Projeto que trata da reestruturação da Fasc inicia os debates na Câmara de Vereadore/as
- Conselhos querem mudar projeto de reestruturação da Fasc

Veja matéria completa no Portal da CMPA.