quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Caminhada pela Paz da comunidade escolar reúne cerca de 400 pessoas

Foto Alexandre Böer
Hoje (03/9) às 16h, na Zona Norte da capital, diversas escolas municipais da região se uniram e realizaram a Caminha da Paz por mais segurança nas instituições.

Organizada pelas EMEFs Presidente Vargas e Pepita de Leão, cerca de 400 pessoas participaram da manifestação, entre elas as comunidades escolares das EMEFs Ildo Meneghetti, Ana Íris do Amaral, Lauro Rodrigues, Liberato Salzano e a ONG Imaculado Coração de Maria – OSICOM.

Participando da Caminhada, Sofia Cavedon, vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, lembra que desde o ano passado vem apontando o quadro que vem se agravando a cada dia que passa. Faltam guardas municipais nas escolas, o governo não dá respostas à comunidade escolar, além de faltar professores na Rede Municipal de Ensino.

Foto Alexandre Böer
Os problemas da insegurança das professoras e professores das nossas escolas municipais foi tratado recentemente em Audiência Pública na Câmara de Vereadores e nada ainda foi agilizado, diz a vereadora. Enquanto isso durante a semana que passou mais um fato grave aconteceu com um professor, que foi agredido por um familiar de aluno na Zona Norte da capital. “Isto demonstra o que vínhamos apontando desde o ano passado”, ressalta Sofia.

As EMEFs reivindicam: 
* Segurança presente em todos os turnos de trabalho.
* Apoio de recursos humanos para atuar na prevenção e resolução de situações de conflito e violência.
* Assessoria pedagógica para formações e grupos de trabalho com professores e a comunidade.

Veja também: 
Falta de segurança nas escolas municipais foi tema central da Audiência Pública em Porto Alegre