domingo, 7 de setembro de 2014

Educação do RS salta do 10º para o 2º lugar entre as redes estaduais brasileiras

Foto Divulgação SC
Ideb 2013: rede estadual melhora nos anos iniciais e finais e tem salto no Ensino Médio

Veja aqui a apresentação IDEB 2013.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013 divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Ministério da Educação (MEC) indica melhoria da educação da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul nos três níveis avaliados. Ao serem analisados os dados referentes às redes estaduais brasileiras, nos Anos Iniciais, o Ideb passou de 5,1, em 2011, para 5,5 em 2013; nos Anos Finais, de 3,8 para 3,9; e no Ensino Médio, que passou de 3,4 para 3,7 em 2013.

Este é o melhor IDEB da rede estadual desde a criação do Índice, em 2005.

Com os resultados de 2013, o Ensino Médio da rede estadual saltou oito posições, passando do 10º para o 2º lugar entre as redes estaduais brasileiras. Na nota de Proficiência - provas de língua portuguesa e matemática – o desempenho dos estudantes estaduais conquistou o 1º lugar, com nota 4,72.

Nos Anos Iniciais, a rede estadual do RS alcançou a meta estabelecida pelo MEC para o ano de 2015. Nos Anos Finais, ao analisar o indicador relacionado ao resultado da prova, atingimos o 2º lugar no país (Nota 5,07).

Foto Divulgação Seduc/RS
Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, o secretário estadual da Educação, Jose Clovis de Azevedo, destacou que a melhoria reflete o resultado da reestruturação curricular, pois foi obtido um significativo aumento na taxa de aprovação, passando de 66,3% em 2011 para 73,5% em 2013, com destaque para o 1º ano do Ensino Médio, que aumentou 9,5%. Além disso, Azevedo ressalta que os resultados positivos também se devem à introdução da pesquisa no currículo escolar, a investimentos crescentes na educação estadual – recuperação de espaços físicos de escolas, mais recursos para equipamentos e mobiliário, maior investimento na formação de professores e modernização tecnológica da rede. A reestruturação curricular na rede estadual também foi feita nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Criado pelo Ministério da Educação, o IDEB é calculado bienalmente pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) com cálculo a partir da combinação de dois fatores: desempenho dos alunos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e rendimento escolar (taxa de aprovação). Fazem prova para composição do IDEB dos anos iniciais todos os estudantes do 5ºano e, dos anos finais, do 9º ano. As provas do Ensino Médio são realizadas por amostragem, por escolha aleatória feita pelo Inep.

Fonte: Portal da Seduc/RS.