sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Fundação Piratini recebe Troféu Câmara de Porto Alegre

Foto Ederson Nunes/CMPA
A Fundação Cultural Piratini, gestora da TV Educativa (TVE) e da Rádio FM Cultura, recebeu nesta sexta-feira (19/9) o Troféu Câmara Municipal de Porto Alegre, durante solenidade realizada no Plenário Otávio Rocha.

Proposto pela vereadora Sofia Cavedon (PT), o troféu representa a democratização da mídia no Brasil e marca um momento importante da Fundação Piratini “pela sua história emblemática no Estado garantindo a pluralidade, o jornalismo e a cultura”, destacou a vereadora.

Sofia lembrou os tempos difíceis que a TVE passou, “estando à beira de perder seu patrimônio conquistado ao logo de 40 anos de TV e 25 de Rádio Cultura.”. A TVE atinge hoje uma população em torno de 7,5 milhões de telespectadores no Rio Grande do Sul e a Rádio Cultura chega a 70 cidades gaúchas. A vereadora acentuou que as emissoras da Fundação Piratini produzem conteúdos que contribuem para a geração de conhecimento no Estado, "atendendo a públicos heterogêneos, passando por todas as idades".

Foto Ederson Nunes/CMPA
Sofia disse que a homenagem a TVE e Rádio FM Cultura também significa o apoio à democratização da mídia para avançar na construção da democracia brasileira, abrindo espaços para a manifestação dos movimentos sociais.

A parlamentar destacou alguns pontos defendidos pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC)* como a a universalização dos serviços essenciais; arquitetura institucional democrática; participação social; fortalecimento do sistema público de comunicação; fortalecimento das rádios e TVs comunitárias; democracia, transparência e pluralidade nas outorgas e proibição de outorgas para políticos ; e promoção da diversidade étnico-racial, de gênero, de orientação sexual, de classes sociais e de crença.

Foto Marta Resing
Vídeo 

Durante a sessão foi exibido um vídeo sobre a atuação das emissoras da Fundação, destacando a sua pluralidade, linha de programação de rádio e TV, envolvimento com a sociedade, debates, entrevistas e as grandes coberturas, com destaque especial para os assuntos que envolvem os países de língua latina. Um volume de informações que, de forma diferenciada, chega aos lares gaúchos todos os dias.

Avanços 

Foto Ederson Nunes/CMPA
O presidente da Fundação Piratini, Pedro Luis Osório, lembrou que até o final do ano terão sido investidos R$ 14 milhões na instituição. Observou que havia falta de servidores, e equipamentos funcionando em situação precária. Comemorou os investimentos feitos em pessoal e na aquisição de equipamentos bem como a melhoria na estrutura.

Somos a segunda maior rede de TV aberta do Rio Grande do Sul”, disse Pedro Osório, justificando o esforço feito para manter esta aproximação com a sociedade, acenando que o próximo passo é abrir as portas para produções independentes no sentido de qualificar a programação e valorizar o universo de idiomas que fazem parte da linguagem da cultura do Rio Grande.

Finalizou agradecendo o aval da Câmara Municipal como sendo “um reconhecimento desta Casa à comunicação pública, que procura estabelecer ligações para a construção de um jornalismo comprometido com as comunidades”.

Foto Ederson Nunes/CMPA
A sessão, presidida pelo vereador Mauro Pinheiro (PT), teve as presenças do presidente da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Batista Filho, da secretária estadual adjunta de Comunicação, Marta Dueñas e da secretária Executiva do Conselho de Desenvolvimento do RS, Ilza do Canto

Fonte: Portal da CMPA.

*Veja aqui a íntegra do documento do FNDC.