quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Nota ao PDT gaúcho - Raul Pont

Em 1990, no 2º turno, o PT não vacilou em apoiar Alceu Collares para o governo do Estado. A candidatura de Marchezan, do PDS (ex-ARENA), representava a ditadura, o autoritarismo que acabávamos de superar. O PT, em convenção estadual, aprovou o apoio a Alceu Collares por sua trajetória e pela identidade maior com o trabalhismo.

Hoje, o PDT está no governo federal e apoia a presidenta Dilma no 2º turno, como já fez no 1º turno, na defesa de um projeto comum do campo democrático popular e socialista que representamos.

No RS, o PDT, através do seu Diretório Estadual, assumiu a posição de neutralidade diante do 2º turno no Estado. Respeitamos a decisão, mas conclamamos os trabalhistas a manterem o apoio à reeleição de Tarso Genro, pela identidade do projeto nacional e pela participação do PDT no governo estadual desde 2011, ajudando a construir esse projeto que recuperou o Rio Grande da estagnação do “déficit zero” e da desigualdade social.

Raul Pont, Deputado Estadual

Fonte: Portal Raul Pont/PT