quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Saúde: Nota da Bancada do Partido dos Trabalhadores de Porto Alegre

Foto Ederson Nunes/CMPA
Diante das graves denúncias apresentadas por servidores da Saúde do município, em sua maioria relacionadas à gestão da pasta, a bancada de vereadores do PT apresentará na próxima segunda-feira, 17/11, requerimento para a instalação de uma Comissão Especial na Câmara. O objetivo dos vereadores petistas com a referida Comissão é o de abrir espaço para o acolhimento e recebimento de documentos por parte dos servidores com as respectivas denúncias para análise e avaliação.

Já em relação ao litígio entre o secretário Municipal da Saúde, Carlos Henrique Casartelli, e o vereador Thiago Duarte (PDT), em que ambos têm feito acusações mútuas de corrupção, os vereadores petistas afirmam que não darão guarida a esta lógica para estabelecer uma CPI e que não será este o raciocínio que guiará a ação fiscalizatória da bancada do Partido dos Trabalhadores. Entretanto, asseguram os vereadores petistas, ambos, Casartelli e Thiago Duarte, devem, urgentemente, prestar esclarecimentos sobre as acusações.

Conjuntamente ao requerimento da instauração da Comissão Especial, os vereadores do PT encaminharão um convite para que o secretário Casartelli se pronuncie e explique todos os pontos destacados na nota pública elaborada pelos servidores, que incluem contratações sem licitação, locações de prédios sem uso, informatização da rede assistencial paga e não realizada, repasse do Hospital Independência ao Hospital Divina Providência e crise no Hospital Porto Alegre, entre outras questões ligadas à gestão da Secretaria.

Por sua vez, o presidente da Comissão de Direitos Humanos, vereador Alberto Kopittke (PT), também irá propor a realização de uma audiência pública para avaliação das respostas de Casartelli e para que todas as partes envolvidas na questão possam se pronunciar.

"Com essas medidas e instrumentos legislativos buscaremos esclarecer tanto as denúncias realizadas pelos trabalhadores da Saúde como as de corrupção que o secretário Casartelli tem feito contra o vereador Thiago Duarte e este contra o secretário. São acusações sérias e que envolvem um setor fundamental para a população de Porto Alegre", destaca o vereador Engenheiro Comassetto, líder da oposição e da bancada do PT na Câmara Municipal.

Assinam esta nota: Alberto kopittke, Engenheiro Comassetto, Marcelo Sgarbossa, Mauro Pinheiro, Sofia Cavedon.