terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Ato pela Reforma Política marca os 35 anos do PT

Foto Divulgação PT/PoA
No final da manhã desta terça-feira (10/2), o Partido dos Trabalhadores (PT) de Porto Alegre marcou a passagem dos seus 35 anos de fundação com o ato do Dia Nacional de Mobilização e Coleta de Assinaturas para a Reforma Política.

A vereadora Sofia Cavedon, em sua manifestação, ressaltou "que a presidenta Dilma e nós gostaríamos de estar radicalizando e aprofundando as mudanças neste País. Sim, taxando as grandes empresas, taxando os lucros bancários do sistema financeiro. Mas essa não é a correlação de forças que está no Brasil. Nós fazemos leitura da correlação de forças. A que apareceu fortemente na eleição é uma luta desigual. Porque a grande mídia, dominada pelos grupos econômicos tem lado, participaram da eleição vergonhosamente e criam a sua versão e a reproduzem, por todos os lares deste País! 

Sem condição de democratizar a informação, esse Brasil que resistiu bravamente, continuou crescendo e continuou incluindo não aparece, com suas pressões, custos e limites. Por não ter essa correlação de forças, esses ajustes acontecem no início deste ano. Lembro muito bem do debate do final do ano, quando deu negativo o superávit primário, a polêmica na Câmara dos Deputados – resultado da grande desoneração que o País produziu para continuar crescendo para proteger o emprego, para proteger a renda, para proteger a vida das pessoas. Não há um apoio político, não há uma compreensão política da gravidade do momento do país diante da crise mundial. Há um puro e mero debate eleitoral."

Foto Divulgação PT/PoA
A Reforma Política que queremos 

O PT propõe mudanças nas regras das eleições para melhorar o sistema político brasileiro, fortalecer a democracia e dar mais transparência ao Processo Eleitoral. Entre as propostas está a alteração para financiamento público de campanha, o aumento da participação feminina em todas as instâncias da política e o voto em lista pré-ordenada.

A ideia é coletar 1,5 milhão de assinaturas para levar ao Congresso Nacional um Projeto de Iniciativa Popular capaz de, a partir da convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte exclusiva, lançar as bases de um novo modelo de escolha e de representação popular.

Veja aqui as fotos do Ato.