terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Complexo do Porto Seco e carnaval são temas de reunião

Foto Divulgação Gabinete
Cobro, mais uma vez, que tenham atividades permanentes, de Cultura e Esporte, o ano todo para a comunidade da Zona Norte. Mais uma vez estamos sem perspectiva!” - Sofia Cavedon 

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) realizou, na tarde desta terça-feira (10/4), na Câmara Municipal de Porto Alegre, reunião especial sobre o Complexo Cultural Porto Seco, recebendo as entidades envolvidas e carnavalescos para apresentarem os preparativos para o carnaval 2015.

Na reunião, que tratou sobre as estruturas temporárias do Porto Seco, adequações do projeto e recursos, a vereadora Sofia Cavedon (PT) também questionou sobre as ações previstas no sentido de coibir a exploração sexual de menores, bem como campanhas de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis. Maria Antônia Marques, servidora da SMC, afirmou que conselheiros tutelares e uma delegacia móvel com apoio à mulher integram a equipe logística do carnaval, bem como ações de distribuição de preservativos.

Obras e descentralização

Foto Setor1
O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre, Juarez Gutierrez, observou que o poder público tem certa dificuldade em transformar o projeto em realidade. “Existem entraves econômicos, mas não encontramos oposições em relação a sua construção, pois todos entendem que essa é uma ferramenta positiva para toda a cidade, inclusive se cogita, entre outros, sua utilização por parte dos piquetes durante os festejos farroupilhas”, afirmou. Gutierrez ainda disse que qualquer obra naquela área não pode durar mais de 10 meses, pois pode comprometer o carnaval dos anos subsequentes. “Sabemos que as obras deverão ser feitas por trechos, para que os desfiles de carnaval não sejam afetados”, concluiu.

Histórico

A construção da Pista de Eventos no Complexo Cultural do Porto Seco é o cumprimento de um antigo compromisso da Prefeitura. A ideia de construir um palco adequado ao Carnaval nasceu em 1992. O local escolhido, inicialmente, foi o Parque Marinha do Brasil. Não houve restrições dos tradicionalistas, mas teve a oposição de pessoas contrárias à obra, que inclusive acionaram a Justiça para impedir a construção naquele local. Outra possibilidade estudada foi o Bairro Humaitá, onde também se encontrou a resistência de algumas pessoas e, por isso, demorou. Mas prevaleceu a vontade da maioria, e a escolha finalmente recaiu sobre o Porto Seco, na Zona Norte, com total apoio da comunidade. Em 2004, foi realizado ali o primeiro desfile oficial do Carnaval de Porto Alegre. 

Leia a íntegra da matéria no Portal da CMPA.