sábado, 28 de fevereiro de 2015

Sofia conhece o passe livre da capital paulista

Foto Divulgação SMT/SP
Comprometida com a luta do passe livre estudantil, do Fundo Público de Transporte Urbano e por um Sistema Integrado de Bilhetagem, a vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) reuniu-se nesta sexta-feira (27/2), com o diretor de Gestão Econômica e Financeira, Adauto Farias, da Secretaria Municipal dos Transportes de São Paulo.

A parlamentar foi conhecer a realidade de São Paulo, que instituiu o passe livre estudantil no inicio do ano e já conta com cerca de 500 mil estudantes do ensino fundamental, médio, superior público, Prouni e Fies, beneficiados. “Aqui o fundo é público e o sistema de bilhetagem também”, destaca a vereadora.

O passe livre na capital paulista

Foto Divulgação SMT/SP
A gratuidade é válida para alunos do ensino fundamental e médio da rede pública, de universidade pública com renda familiar per capita de até R$ 1.182 e de universidade privada beneficiários do Prouni, Fies, Bolsa Universidade ou Cotas Sociais.

Terão direito às cotas gratuitas os estudantes que cursem o ensino fundamental e médio nas redes públicas de ensino municipal, estadual ou federal; que possuam renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional; cursem o ensino superior em estabelecimentos privados desde que sejam Bolsistas do Prouni ou financiados pelo Fies. Integrantes do Programa Bolsa Universidade (Programa Escola da Família)l; e os abrangidos por programas governamentais de cotas sociais, com renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo nacional.

Conheça aqui a íntegra da Portaria n.º 003/15-SMT.GAB.

Vou à Escola 

Foto Jonathan Heckler/CMPA
Em Porto Alegre, a vereadora Sofia Cavedon aprovou uma Lei (10.996), em 2010, semelhante ao Passe Livre, mais conhecida como Vou à Escola, que institui a passagem gratuita para os alunos do ensino médio da Capital.

Em 2013 a parlamentar petista apresentou nova proposta para o Vou à Escola prevendo quatro importantes alterações na Lei 10.996, com o objetivo de ampliar o número de alunos beneficiados pelo programa municipal “Vou à Escola”. O projeto tramita na Câmara de Vereadores da capital gaúcha.

Conheça a Lei 10.996/2010 e a nova proposta para o Vou à Escola

Veja também: 

Foto Camila Rodrigues/CP
- Bancada do PT apresentou proposta na capital gaúcha 

Em Porto Alegre, a Bancada do PT apresentou em 2013, que ainda tramita na Casa Legislativa, o projeto de lei que institui o Sistema de Gestão Pública de Transporte Urbano, sob a administração do Município de Porto Alegre, que compreende a gestão do Fundo Público de Transporte Urbano (FPTU), o Sistema Integrado de Bilhetagem de Transporte Urbano (SIBTU) e instrumentos de transparência e controle social.

- Bancada do PT quer gestão pública no transporte coletivo

Fontes: Portal da Prefeitura de SP e Assessoria da Bancada do PT/PoA