quarta-feira, 22 de abril de 2015

Indicação para prédio do Museu das Águas foi aprovada na Câmara Municipal

Foto Cassiana Martins/CMPA
Os vereadores aprovaram na sessão ordinária de segunda-feira (20/4), o processo de Indicação ao Executivo, de autoria da vereadora Sofia Cavedon (PT), para que haja a definição de uma área entre a Usina do Gasômetro e o Pontal do Estaleiro na orla do Guaíba para a construção do prédio arquitetônico do Museu das Águas de Porto Alegre.

Segundo a vereadora, há três anos que as 14 entidades apoiadoras, (ABES, Agapan, ARI-RS, Associação Chico Lisboa, Comitê de Gerenciamento da Bacia Hídrica do Lago Guaíba, Corsan, Dmae, IAB-RS, Lions (Distrito LD-3), Metroplan, Prefeitura Municipal De Porto Alegre (PMPA), Sedac, SEMA, UFRGS), aguardam uma definição de local por parte do Executivo Municipal, mas, ressalta “a prefeitura prefere gastar milhões contratando uma revitalização que a sociedade não construiu”.

Sofia destacou ainda a importância da criação do Museu das Águas, que se destinará à memória e preservação da orla da capital. “Compartilho da luta desse movimento, formado por membros da sociedade civil e governamentais, pois entendo que é essencial um espaço físico integrado às águas do Guaíba que promova a acolhida de ativistas, estudantes, pesquisadores e a sociedade como um todo”.
Foto Leonardo Contursi/CMPA
Sofia lembrou que em 2012, no Dia Internacional da Água, 22 de março, o prefeito José Fortunati assinou protocolo de intenções para a construção arquitetônica desse espaço juntamente com representantes das 14 entidades apoiadoras. “Já temos estudos que sugerem dois locais na orla: no entorno do Anfiteatro Por do Sol e no Eixo Monumental do Parque Marinha do Brasil”.

Foto Cassiana Martins/CMPA
A presidente da Comissão Pró-Musa, Zoravia Bettiol, salientou que a missão do MUSA é promover o conhecimento e a valorização da água por meio da cultura, da arte e como reforço da gestão hídrica. "Queremos valorizar os recursos hídricos tanto da nossa Capital quanto do Brasil inteiro", disse. Afirmou que, no projeto que está sendo elaborado para a construção do MUSA em Porto Alegre, haverá três eixos: o histórico, o educativo e o artístico, para dar mais abrangência e complexidade ao empreendimento. "Nossa ideia de projeto é envolver ainda mais a comunidade sobre o bem que é a água e mostrar as possibilidades de preservação e conservação dela para a vida no nosso planeta", afirmou.

O futuro líder do governo na Casa, Kevin Krieger (PP), se comprometeu em promover uma reunião com o Prefeito José Fortunati e o secretário de Desenvolvimento e Assuntos Especiais para debater o tema.

Veja também: