terça-feira, 28 de julho de 2015

Na abertura do OP, prefeito reafirma posição de fechar a EPA

Foto Elisamar Rodrigues 
A vereadora Sofia Cavedon (PT), da Comissão de Educação da Câmara Municipal, participou nesta segunda-feira (27/7), no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, da primeira assembleia do Orçamento Participativo (OP) de 2015/2016, que tratou da Educação, Esporte e Lazer.

Sofia lastima a afirmação do prefeito, que apesar de várias intervenções pedindo para que o governo desista de fechar a Escola Porto Alegre(EPA), reafirmou a sua posição e a EPA segue ameaçada pela prefeitura. “Triste foi a resposta do prefeito à fala do Conselheiro Felizberto, um dos que fizeram a solicitação,  dizendo que isto só se justificava quando tinha crianças na rua. Um absurdo! Desconhece toda a demanda e papel estratégico que a EPA cumpre com os jovens e adultos em situação de rua! E isto que várias falar pediram diálogo de verdade da prefeitura com a população! Por mais participativo que seja o OP, ainda temos o autoritarismo do governo. Educação para quem vive na rua também é direito”, afirma a vereadora.

Foto Ivo Gonçalves/PMPA 
Demanda da construção da Escola da Embratel também apareceu forte na assembleia, assim como mais investimentos na Educação Infantil, que foi tirado como prioridade, junto como a reforma e ampliação dos Centros Comunitários.

Prioridades

 Na Educação, a prioridade mais votada foi Educação Infantil, seguida pelo Ensino Fundamental, depois Educação Especial e em quarto lugar Educação de Jovens e Adultos. Na área de Esporte e Lazer, reforma e ampliação dos Centros Comunitários ficou em primeiro lugar, equipamentos de lazer e recreação em segundo, seguido por investimentos em Esporte e Lazer e depois em equipamentos esportivos.

Clique aqui para conferir o calendário de assembleias do OP 2015/2016

Com informações do Portal da PMPA.