quinta-feira, 2 de julho de 2015

Procuradoria da Mulher recebe duas representações contra vereadores

Foto Marta Resing
Nesta quinta-feira (2/7), a vereadora Sofia Cavedon (PT), Procuradora da Mulher na Câmara Municipal de Porto Alegre, recebeu em sua primeira audiência, duas representações de vereadoras da Casa Legislativa. Jussara Cony (PCdoB) representou contra o vereador Nereu D’Ávila (PDT); e Lourdes Sprenger (PMDB) contra Carlos Casartelli (PTB).

Ambos os casos envolvem o relato de fatos ocorridos na sessão do dia 24 de junho, quando o plenário debateu o Plano Municipal de Educação. Segundo a procuradora da Mulher, Sofia Cavedon, as representações serão analisadas pelo Conselho Político da Procuradoria que irá embasar a avaliação nas leis existentes de combate à violência contra a mulher e, após, a conclusão será encaminhada à Presidência da Câmara para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Foto Josiele Silva/CMPA
Jussara Cony afirmou estar “fragilizada” com a situação. “Uma coisa é ficar lutando contra as opressões que outras mulheres sofrem. Mas é diferente quando é a gente que sofre essa violência. De qualquer forma, penso que quando uma mulher é vítima de violência, todas as mulheres também são”, salientou a parlamentar, que levou um empurrão do vereador Nereu quando estava no microfone de apartes.

A vereadora do PCdoB explicou que a representação é também um ato simbólico. “O silêncio é cúmplice da violência. Por isso, não podemos silenciar. As pessoas precisam responder por seus atos.”

Foto Josiele Silva/CMPA
Já o caso da vereadora Lourdes envolve agressões verbais que, segundo ela, foram proferidas por Casartelli durante a sessão do dia 24. “Fui chamada de sem-vergonha por votar de forma diferente da dele”, comentou.

Presentes na audiência representantes do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, da Marcha Mundial das Mulheres, da Bancada Municipal do PT, da União Brasileira de Mulheres (UBM) de Porto Alegre, do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), o vereador Marcelo Sgarbossa (PT) e da Presidência da Câmara.

Com informações do Portal da CMPA.