domingo, 8 de novembro de 2015

João Verle - Um Militante

Nota de Falecimento

Foto Arquivo
É com pesar que comunicamos o falecimento do companheiro e amigo João Verle ocorrido na madrugada deste sábado (07/11).

O prefeito Verle tem minha gratidão pela confiança de me chamar para compor a equipe à frente da Secretaria de Educação. O companheiro que eu conhecia sério, conciso, competente mostrou-se também divertido, carinhoso e solidário. Deixa belas marcas, grandes lições. Segue vivo na teimosia de construirmos melhores dias para todos e todas! Sofia Cavedon

Trajetória

O ex-prefeito de Porto Alegre João Acir Verle (PT) morreu , aos 75 anos.Em abril de 2002, Verle assumiu a Prefeitura Municipal, onde exerceu o cargo até o final do mandato. O petista também foi presidente do Banrisul durante a gestão Olívio Dutra.

Foto Lenara Verle
Verle nasceu em Caçador, Santa Catarina, em 29 de novembro de 1939. Ele foi professor, economista e funcionário do Tribunal de Contas do Estado. Militou nas entidades da categoria dos economistas, sendo vice-presidente da Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul e presidente do Sindicato e do Conselho Regional de Economia da 4ª Região. O PT gaúcho divulgou nota de pesar pela morte do político.

Verle foi um dos fundadores do PT no Rio Grande do Sul e, ao longo dos anos, integrou por várias ocasiões a direção dos diretórios municipal e estadual do partido. Foi candidato a vice-governador em 1986, e, na eleição de 1988, obteve a primeira suplência da bancada de vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre. Ele assumiu a titularidade em 1991.

Indicado pelo prefeito Olívio Dutra, ocupou a Secretaria da Fazenda do Município, cargo que deixou em abril de 1992 para candidatar-se a mais um mandato na Câmara, onde reelegeu-se vereador da Capital. Em 1996, foi novamente eleito para a Câmara, de onde se afastou para assumir, no ano seguinte, a Direção-Geral do Departamento Municipal de Habitação – Demhab –, cargo que ocupou até o final de 1998.

Durante o governo estadual de Olívio Dutra, João Verle assumiu a presidência do Banrisul. Em maio de 2000, renunciou para disputar a Prefeitura de Porto Alegre como vice-prefeito. Com a renúncia de Tarso Genro para disputar a eleição ao governo do Estado, Verle assumiu o cargo até o final do mandato.