sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

17ª Feira Estadual de Economia Popular e Solidária do RS

Foto Estela Vilanova
Durante a semana a vereadora Sofia Cavedon (PT) visitou a 17ª Feira Estadual de Economia Popular e Solidária do Rio Grande do Sul e a Casa de Economia Solidária, localizada na Rua Vigário José Inácio, 302, no centro da Capital.

A 17ª Feira Estadual de Economia Popular e Solidária do Rio Grande do Sul,iniciou em 30 de novembro até este sábado - 05 de dezembro, no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre.  Foram mais de 900 expositores que mostraram que é possível produzir de forma justa a sustentável.

Os expositores são empreendimentos autogestionários, formados por pessoas que trabalham de forma coletiva e criam produtos e serviços que geram renda e inclusão social. Os produtos carregam a força da economia solidária, uma opção justa e responsável de produzir, vender e distribuir renda.

Na Economia Solidária não há exploração do outro nem destruição do meio ambiente. 

Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e na sua sustentabilidade, essa é a forma de produção e de pensar o mundo do trabalho na economia solidária, uma possibilidade inovadora de geração de trabalho e renda e uma resposta a favor da inclusão social. A economia solidária compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo consciente.
Foto Estela Vilanova

A Feira Estadual chegou a sua décima sétima edição, firme e forte, unindo pessoas e projetos. Artesanato, confecção, agricultura familiar e alimentação foram expostas para a população poder adquirir objetos carregados de cidadania, exclusividade, bom gosto e humanidade.

Fonte: Portal da Avesol

Leia também:
Espaço da economia solidária em Porto Alegre comercializa artesanato reciclado