quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Smed decide fechar turmas do EJA em comunidades carentes

Foto Reprodução/Facebook
Nas últimas semanas, professores das escolas nas escolas Tiradentes, Neusa Brizola e João Goulart realizaram reuniões, audiências e assembleias com as comunidades onde estão localizadas para debater o fim das turmas do EJA em 2016. A comunidade e os professores lutam pela permanência da modalidade para o próximo ano, ameaçadas de fechamento pela Secretaria Municipal de Educação.

O mandato da vereadora Sofia Cavedon (PT) está acompanhando e apoiando as comunidades que sequer foram consultadas sobre a decisão da Smed de fechar os cursos.

O Jornal Correio do Povo do dia 13 de dezembro publicou uma matéria na editoria Ensino sobre o fechamento das EJAs. Clique na imagem para ler.