terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Menos sal, Mais saúde

Com o objetivo de contribuir com a conscientização sobre os efeitos nocivos do consumo e do uso excessivo de sal na alimentação, a vereadora Sofia Cavedon (PT) apresentou uma emenda ao projeto de lei que institui o Programa Menos Sal, Mais Saúde e a Semana Menos Sal, Mais Saúde na Capital, de autoria do vereador Delegado Cleiton (PDT), aprovado nesta segunda-feira (15/2).

A Emenda nº 01 determina que os estabelecimentos não mais colocarão recipientes com sal sobre as mesas em bares, restaurantes e similares, incluindo cantinas localizadas em hospitais, centros de saúde e escolas. O sal só será fornecido se o cliente solicitar. A emenda não prevê punições aos estabelecimentos que continuarem disponibilizando o produto nas mesas. "O objetivo é diminuir a exposição dos consumidores ao consumo  inadequado de sal", explica Sofia.

Veja também:
Educar é intenção da lei sobre o sal, afirma vereadora
- Uma vida um pouco menos salgada - Por Gustavo Glotz de Lima - Cardiologista e presidente da Socergs - Artigo publicado no Jornal do Comércio de 19/02/2016.