sábado, 7 de maio de 2016

Artistas realizam ato cultural em defesa da democracia no Largo Glênio Peres

Foto Guilherme Santos/Sul21
Artistas e apoiadores deitaram no chão durante intervenção no Largo Glênio Peres 

Artistas das mais diversas áreas participaram, nesta sexta-feira (6), de um ato cultural em defesa da democracia. O evento aconteceu no Largo Glênio Peres, local escolhido por ser passagem para a população que pega ônibus no Terminal Parobé e, portanto, opção para chamar a atenção de quem frequenta o Centro de Porto Alegre.

Foto Rozane Dalsasso
A principal atração foi uma intervenção concebida pela artista plástica Zoravia Bettiol e dirigida por Marcelo Restori, com participação da artista circense Roberta Alfaya, e também contou com a participação da vereadora Sofia Cavedon (PT).

Vestidos com “ponchos” de TNT nas cores vermelho, verde e amarelo, os artistas carregavam no pescoço placas demonstrando apoio à presidenta Dilma Rousseff (PT), com dizeres como “Dilma digna”, “Dilma valente”, “Dilma fica”, “Dilma guerreira”. Com “chapéus” feitos de papelão, eles deitaram no chão enquanto Roberta Alfaya dançava com seu bambolê. Após a intervenção, também aconteceram shows musicais.

Foto Guilherme Santos/Sul21
Zoravia e o artista Marco Fronkowiak realizaram oficinas para criação das vestimentas e faixas que eram seguradas pelos participantes. “É uma crítica a esse momento muito grave e delicado, no qual não está sendo respeitada a Constituição. A grande diferença entre 2016 e 1964 é que agora o povo está mais consciente, já sabe que quando houve o golpe, teve consequências desastrosas”, destacou Zoravia. Por isso, ela aponta que mesmo que Dilma “perca”, em todo o Brasil há manifestações se opondo “à essa agressão à democracia”.

Desde março, artistas da capital gaúcha têm organizado diversas manifestações, cortejos e shows em defesa da democracia. “São artistas de diversas áreas, tanto artes visuais quanto música, literatura, dança, teatro, circo, que se juntaram e organizam performances e eventos”, relata Zoravia.

Fonte: Portal Sul21.