quinta-feira, 2 de junho de 2016

Aprovada Moção de Repúdio aos agressores do estupro coletivo

Por iniciativa da Procuradoria da Mulher da Câmara Municipal de Porto Alegre, foi aprovada na sessão plenária desta quinta-feira (02/6), a Moção de Repúdio aos agressores que praticaram estupro coletivo, à jovem de dezesseis anos, no Rio de Janeiro, para que sejam exemplarmente responsabilizados e punidos na medida da barbárie que cometeram.

Assinam o documento a vereadora Sofia Cavedon (PT), Procuradora da Mulher da Casa Legislativa, e as vereadoras Jussara Cony (PCdoB), Fernanda Melchionna (PSOL) e Lourdes Sprenger (PMDB).

Sofia destaca que as vereadoras da casa, através da Procuradoria Especial da Mulher vão a público repudiar essa postura que desqualifica a violência praticada nos corpos e nas almas das vítimas e que só contribui para a revitimização institucional. Nenhuma mulher merece ser estuprada, enfatiza a Vereadora.

Foto Ederson Nunes/CMPA
Conforme Sofia “o Brasil, como signatário da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (CEDAW), tem o dever de combater a violência de gênero, não apenas em suas leis, mas, principalmente, em suas práticas”.

A Moção será encaminhada para Presidente da Câmara dos Deputados, Presidente do Senado Federal, Governador do Estado do Rio de Janeiro, Secretário de Estado de Segurança do Rio De Janeiro, Presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Veja aqui a integra da Moção de Repúdio.